Yamana tem bons resultados, apesar da pandemia


O presidente e executivo-chefe da Yamana Gold, Daniel Racine, disse que 2020 será lembrado como o ano que desafiou todas as dimensões de nossas vidas. E, mesmo em um ano de pandemia, a Yamana conseguiu obter fortes resultados e avanços estratégicos. “Mantivemos nossas pessoas e comunidades seguras, sustentando nossas operações e melhorando e aumentando nosso portfólio para aumentar ainda mais a robustez e resiliência de nossos negócios”, comentou Racine.

A produção superou as expectativas ao longo de 2020 em quase todos os casos, com Jacobina, Canadian Malartic, El Peñón e Minera Florida produzindo acima do planejado. Embora a produção anual de 901.155 onças equivalentes de ouro estivesse dentro da tolerância de guidance, a Yamana esperava atingir um nível mais alto de produção. As restrições relacionadas à COVID-19 impostas na Argentina em dezembro fizeram com que a produção em Cerro Moro ficasse abaixo das expectativas, embora o desempenho operacional em dezembro ainda tenha superado a média mensal do ano.

A Yamana obteve um saldo de caixa de US$ 428 milhões em 2020 e uma dívida líquida bem abaixo do nível do início do ano, com uma redução de US$ 323 milhões. “Embora antecipemos que possa haver alguns desafios operacionais de curto prazo na Argentina nos próximos meses, devido à COVID-19, continuaremos comprometidos com nossa estratégia de gestão e crescimento de um portfólio diversificado em jurisdições baseadas em regras e politicamente seguras nas Américas, maximizando o fluxo de caixa e criando resiliência financeira e maximizando retornos de caixa para os acionistas por dividendos como parte de uma abordagem mais ampla de alocação de capital”. A produção de onças equivalentes de ouro ("GEO") do quarto trimestre somou 255.361 GEO, incluindo 221.659 onças de ouro e 2,59 milhões de onças de prata, com a produção durante o trimestre excedendo as vendas em mais de 7.000 onças de ouro devido ao tempo de vendas que deverá normalizar durante 2021. Já a produção anual de 901.155 GEO, incluindo 779.810 onças de ouro e 10,37 milhões de onças de prata, excedeu a orientação original para o ano, de 890.000 GEO, mas ficou abaixo do ponto de ajuste da orientação revisada de 915.000 GEO. Em Jacobina, a produção atingiu um recorde histórico e aumentou pelo sétimo ano consecutivo, e a produção anual na Minera Florida atingiu seu nível mais alto desde 2010 e o segundo maior total desde que a mina entrou em produção em 1986. Jacobina produziu 44.165 onças no quarto trimestre, com um recorde histórico de 177.830 onças em 2020.


Fonte: Brasil Mineral

0 comentário