top of page

Uberaba concede terreno para fábrica de US$ 850 milhões

Projeto da Atlas Agro prevê que as obras comecem em 2024


A Câmara de Vereadores de Uberaba (MG) aprovou a concessão do terreno do poder público para o desenvolvimento e construção da primeira fábrica no Brasil de fertilizantes a partir do hidrogênio verde. Com investimentos totais de US$ 850 milhões, o projeto da Atlas Agro prevê que as obras comecem em 2024 e a conclusão está prevista para meados de 2027. Com a concessão do terreno, a companhia obtém segurança jurídica para iniciar ainda este ano os projetos de engenharia.

A aprovação da Câmara de Uberaba também prevê a isenção fiscal para o empreendimento, o que engloba remissão do IPTU do terreno por dez anos; a isenção do recolhimento de ISSQN incidentes sobre os serviços de engenharia, bem como a redução para 2% da alíquota do imposto a ser recolhido pela empresa ou por terceiros por ela contratados. “Temos planos de construir de sete a nove plantas de fertilizantes nitrogenados verdes no Brasil, ajudando a reduzir a dependência dos fertilizantes importados no País”, diz o diretor de operações da Atlas Agro, Rodrigo Santana.

A planta inédita vai utilizar uma matriz 100% sustentável de geração de eletricidade, a partir de fontes renováveis, tais como a solar e eólica, que serão usadas para produção do hidrogênio verde, amônia verde e os fertilizantes nitrogenados com zero carbono. Quando estiver concluída, a fábrica terá uma capacidade de produção para 500 mil toneladas anuais de fertilizantes para atender os clientes da região. “Temos cartas de interesse de compra assinados com vários clientes e deveremos concluir os acordos de fornecimento de fertilizantes nitrogenados zero carbono nos próximos meses”, afirma Santana.


Fonte:

0 comentário

コメント


bottom of page