top of page

Projeto Tucumã está com 45% de avanço

A estimativa total de capital do projeto permanece inalterada em aproximadamente US$ 305 milhões


A Ero Copper informa que suas principais iniciativas estratégicas continuam a avançar dentro do cronograma, posicionando-a para um crescimento significativo no curto prazo. A construção do Projeto Tucumã atingiu aproximadamente 45% de conclusão física no final do trimestre. A estimativa total de capital do projeto permanece inalterada em aproximadamente US$ 305 milhões. Nas Operações Caraíba, a fase de desenvolvimento do pré-afundamento do novo poço externo foi concluída durante o trimestre. Aproximadamente 80% das despesas de capital planejadas estavam sob contrato ou nos estágios finais de negociação no final do trimestre e permanecem dentro de 5% do orçamento. Nas Operações de Xavantina, o desenvolvimento horizontal no novo veio da Matinha foi concluído durante o trimestre, com a primeira produção prevista para o segundo semestre de 2023. O guidance de gastos de capital para o ano inteiro ficou em US$ 15 a US$ 20 milhões para refletir investimentos proativos nas operações de Caraíba. Após realizar uma revisão detalhada dos principais projetos e infraestrutura de suporte nas Operações de Caraíba durante o trimestre, incluindo infraestrutura relacionada ao Aprofundamento, enchimento de pasta subterrânea e rejeitos, a Ero Copper optou por investir em várias atualizações ao longo do segundo semestre de 2023 com o objetivo de reforçar os projetos em andamento das Operações Caraíba e apoiar os planos operacionais de vida útil expandida da mina Pilar. “Continuamos a cumprir nosso plano operacional para o ano inteiro durante o segundo trimestre, ao mesmo tempo em que fizemos um progresso significativo em nossas iniciativas de crescimento orgânico”, disse David Strang, CEO da empresa. “Apesar da queda nos preços do cobre e da valorização significativa do real, o excelente desempenho de nossas operações se traduziu em sólidas margens operacionais e resultados financeiros no trimestre. "Olhando para o futuro, prevemos um segundo semestre de 2023 mais forte, pois visamos o comissionamento do novo moinho de bolas para nosso projeto de expansão da planta nas Operações de Caraíba durante o quarto trimestre e produzimos o primeiro minério do recém-desenvolvido veio Matinha nas Operações de Xavantina”. As Operações Caraíba processaram 840.821 toneladas de minério com 1,55% de cobre, produzindo 12.004 toneladas de cobre em concentrado no trimestre após recuperações metalúrgicas de 92,0%. A maior tonelagem extraída e teores de cobre devido ao sequenciamento planejado de stope levaram a um aumento na produção de cobre de quase 30% em relação ao trimestre anterior. As Operações Xavantina processaram 34.377 toneladas de minério com teor de 13,20 gramas por tonelada, entregando 12.333 onças de produção de ouro após recuperações metalúrgicas de 84,6%. O teor de ouro processado aumentou mais de 11% em relação ao trimestre anterior e 100% em relação ao ano anterior. As recuperações metalúrgicas foram impactadas pelo elevado estoque em processo no final do trimestre, bem como pelo elevado teor de carbono em várias lavouras de alto teor mineradas e processadas durante o período. A produção de subprodutos de prata no período foi de 8.579 onças. A Ero Copper Corp. produziu 12.004 toneladas de cobre e 12.333 onças de ouro no segundo trimestre de 2023, com custos de caixa de US$ 1,52 por libra de cobre produzido e custos de caixa e custos de manutenção total (AISC) de US$ 492 e US$ 1.081, respectivamente, por onça de ouro produzida. O lucro líquido atribuível aos proprietários da empresa atingiu US$ 29,6 milhões (US$ 0,32 por ação em base diluída), enquanto o lucro líquido ajustado atribuível aos proprietários foi de US$ 22,3 milhões (US$ 0,24 por ação em base diluída). O EBITDA ajustado somou US$ 49,1 milhões e receita de US$ 104,9 milhões no trimestre. A liquidez disponível no final do trimestre, de US$ 330,4 milhões, incluiu caixa e equivalentes de caixa de US$ 124,4 milhões, investimentos de curto prazo de US$ 56,0 milhões e US$ 150,0 milhões de disponibilidade não sacada sob a linha de crédito rotativo garantido sênior da empresa.


Fonte: Brasil Mineral

0 comentário

Comentarios


bottom of page