PF apreende carros de luxo e procura suspeito de abrir garimpo ilegal no PA

A Polícia Federal (PF) apreendeu carros de luxo, documentos e o celular de um homem suspeito de abrir garimpos ilegais em terras indígenas em Itaituba, no sudoeste do Pará. De acordo com a PF, o investigado é acusado de realizar escolta, através de helicópteros de sua propriedade, de máquinas e garimpeiros para dentro de uma área da Terra Indígena (TI) Munduruku.


A operação Divitia, realizada na quinta-feira (22), resultou na apreensão de dois carros de luxo, uma BMW Z4 e um Chevrolet Camaro SS, além de documentos e um aparelho celular. Também foi expedido um mandado de prisão temporária contra o investigado, que está foragido. A PF continua em diligências na tentativa de localizá-lo para efetuar a prisão. A Justiça também determinou o sequestro de três helicópteros de possível propriedade do suspeito.

As investigações apontam para a possibilidade da utilização de helicópteros com homens armados dentro deles para garantir a entrada de máquinas pesadas e pessoas para uma região conhecida como Igarapé Baunilha, no interior da TI, para a instalação ou ampliação de garimpos ilegais.

Os suspeitos são investigados por usurpar, produzir ou explorar matéria-prima pertencentes à União, com pena de detenção de um a cinco anos e multa; penetrar em Unidades de Conservação sem licença, e extração mineral ilegal, ambos com penas de detenção, de seis meses a um ano e multa; posse e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, com pena reclusão de 3 a 6 anos e multa; além de associação criminosa, com pena de reclusão de 1 a 3 anos.


As informações são do G1.

0 comentário