Nexa Resources; aumento de receita e de lucros no trimestre



A Nexa Resources obteve um aumento de 22% em sua receita líquida, que somou US$ 655 milhões no terceiro trimestre de 2021, enquanto o Ebitda ajustado totalizou US$ 155 milhões, 2% acima do registrado em igual período do ano passado. O resultado é atribuído principalmente aos melhores preços no mercado internacional e à contribuição da receita de coprodutos. Com esse resultado, a receita líquida no ano alcança US$ 1,9 bilhão, um aumento de 48% em relação ao ano passado. Nos primeiros nove meses de 2021, o EBITDA ajustado atingiu US$ 568 milhões, apresentando um crescimento de 141% ano contra ano. No terceiro trimestre, o prejuízo líquido da empresa totalizou US$ 9 milhões, contra um prejuízo de US$ 36 milhões no terceiro trimestre de 2020. Nos nove primeiros meses de 2021, o lucro líquido totalizou US$ 145 milhões, frente a um prejuízo líquido de US$ 706 milhões no mesmo período do ano anterior.

A produção de zinco no trimestre atingiu 80 mil toneladas, uma redução de 2% em relação ao terceiro trimestre de 2020, enquanto a produção de cobre somou 8 mil toneladas, um aumento de 1%. A produção de chumbo cresceu 5% no trimestre, atingindo 11 mil toneladas em relação ao ano anterior. A venda de metais totalizou 156 mil toneladas, apresentando uma queda de 2% em relação ao ano anterior, principalmente devido aos menores volumes de produção. De janeiro a setembro, a produção de zinco totalizou 239 mil toneladas, a de cobre 23 mil toneladas e a de chumbo 33 mil toneladas, enquanto as vendas de metais no período somaram 460 mil toneladas, 9% de aumento em relação aos nove primeiros meses de 2020.

“No terceiro trimestre, nosso desempenho operacional foi afetado por paralisações planejadas e não planejadas em nossas minas e metalurgias, resultando em menores volumes de produção. Apesar das interrupções na produção, continuamos a operar nossos ativos com segurança e mantivemos a previsão de produção e vendas para o ano inalteradas. Como anunciamos recentemente, iniciaremos o processo de transição de CEO durante o quarto trimestre. Foi uma honra e um privilégio liderar a Nexa por quase uma década. Ao longo da minha trajetória, tenho testemunhado a notável evolução da empresa e a expansão de sua atuação nos segmentos mineração e metalurgia. Estamos próximos de entregar nosso primeiro projeto greenfield de classe mundial, em Aripuanã (MT), e realizamos mudanças estratégicas significativas em todo o negócio. Tenho orgulho do que nossa empresa se tornou e acredito que estamos no caminho certo para construir a mineração do futuro”, afirma o CEO da Nexa, Tito Martins.

Os investimentos da empresa nos nove primeiros meses do ano somaram US$ 344 milhões e devem alcançar US$ 510 milhões até o final de 2021, já que está previsto um desembolso maior no quarto trimestre de 2021, “devido ao desenvolvimento e compra de equipamentos de mina, paralisação para manutenção planejada na unidade Três Marias, dentre outros fatores”, informa a companhia.

Evolução em pluralidade

Um dos destaques da Nexa em temas ESG foi a evolução do programa de pluralidade da empresa. No mês de agosto, ela recebeu o Selo Women on Board (WOB), outorgado pela entidade de mesmo nome. A WOB é uma iniciativa independente que busca reconhecer e valorizar a existência de ambientes corporativos com a presença de mulheres em conselhos de administração ou consultivos, destacando os benefícios da diversidade no mundo dos negócios e na sociedade.

Além disso, a Nexa também lançou o Programa Talentos Plurais para admissão e treinamento de profissionais com deficiência. Podem participar do programa profissionais formados ou que concluam a graduação até 2022. Foram disponibilizadas 15 vagas em diversas áreas da empresa e os profissionais selecionados ingressarão na Nexa em dezembro de 2021.

Outro destaque da empresa é o aprimoramento do programa de avaliação de fornecedores, o qual passará a incluir a avaliação de indicadores ESG e compartilhamento de melhores práticas. O programa está previsto para começar em novembro.

Recentemente, a Nexa foi eleita como Empresa do Ano do Setor Mineral na categoria Governança Social, pelo programa de formação profissional e inclusão de mulheres no site de Aripuanã. A premiação é promovida por Brasil Mineral.


Fonte: Brasil Mineral

0 comentário