top of page

Mineração é responsável por 3% do PIB do Brasil


A mineração é um dos pilares para a produção de diversos materiais, bem como para o desenvolvimento de vários setores. Além disso, ela é responsável por 3% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil. De acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME), a pasta e a Secretaria Nacional de Geologia, Mineração e Transformação Mineral trabalham para que esse número aumente, gerando ainda mais emprego e renda para os brasileiros.


O potássio é utilizado para a segurança alimentar. Ele é um dos minerais mais estratégico do país. Conforme informa o MME, o potássio é do tipo rocha e mineral industrial que, nas formas de cloreto e nitrato, é empregado como fertilizante.


O mineral é fundamental como matéria-prima para os fertilizantes, pois é exigido em grandes quantidades pelas plantações, por ser um regulador de pressão osmótica (regula a entrada e saída de águas das plantas), um ativador de enzimas, além de auxiliar na formação dos frutos e dar resistência ao frio e doenças que acometem as plantações – complementa a pasta.


De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos, as reservas brasileiras eram de 2,3 milhões de toneladas, colocando o país com o 12º maior estoque global de potássio. Os depósitos e a produção nacional ficam no Amazonas e em Sergipe.



Importação de potássio


Mesmo com uma grande reserva, o Brasil é o país que mais importa potássio no mundo, conforme o MME. Para garantir o suprimento nacional, cerca de R$ 1,3 milhão foi investido em programas de exploração do mineral, segundo o Anuário Mineral Brasileiro, desenvolvido pela Agência Nacional de Mineração.


Outro ponto, é o uso do potássio em células fotoelétricas. De acordo com o MME, seu nitrato é importante para produção de pólvora. Além disso, a combinação do cromato e do dicromato de potássio é matéria-prima para preparação dos fogos de artifício. Por fim, o potássio também está presente nos cristais e no sabão de barbear.


Fonte: Ministério de Minas e Energia/ Minera mt

0 comentário
bottom of page