Minério de ferro desacelera após atingir máxima de 10 meses na China

Minério de ferro de referência para setembro, na bolsa de Dalian, encerrou as negociações diurnas em alta de 0,7%, a US$ 139,02 a tonelada.


Os contratos futuros de minério de ferro na bolsa de Dalian alcançaram o maior valor em 10 meses nesta segunda-feira (06/06), com a redução dos estoques do ingrediente siderúrgico nos portos chineses, alimentando um rali estimulado pelo otimismo em torno da demanda no maior produtor de aço do mundo. O carvão metalúrgico, outro insumo da siderurgia, também ampliou os ganhos para atingir um pico de seis semanas após uma enxurrada de notícias recentes sobre a determinação da China de estimular sua economia em desaceleração e medidas para aliviar suas restrições contra a Covid-19. O minério de ferro de referência para setembro na bolsa de commodities de Dalian da China encerrou as negociações diurnas em alta de 0,7%, a 925 yuans (US$ 139,02) a tonelada, depois de atingir 948 yuans no início da sessão, o maior valor desde a primeira semana de agosto. Na Bolsa de Cingapura, o contrato de julho mais negociado ficou estável em US$ 142,70 por tonelada. O carvão metalúrgico em Dalian subiu 4,1%, enquanto o coque saltou 1,8%. Fonte: Reuters

0 comentário