Horizonte Minerals avança nas obras do projeto Araguaia

Por meio de uma parceria com o SENAI, a Horizonte Minerals está investindo cerca de R$ 2 milhões em cursos de capacitação.


A Horizonte Minerals comunica que as obras do projeto de níquel Araguaia, no Pará, prosseguem em ritmo acelerado. O projeto é o maior greenfield em níquel no Brasil e está dentro do cronograma traçado pela empresa, com 16% das obras concluídas. “Estamos satisfeitos com o progresso e a previsão é de produzirmos o primeiro níquel nos três meses iniciais de 2024”, disse Jeremy Martin, CEO da Horizonte Minerals.


O executivo conta que a companhia avançou substancialmente em quatro meses, desde que mobilizou a operação em maio de 2022, com as fundações do forno e forno rotativo em estágios avançados, além da terraplanagem praticamente concluída. A Horizonte Minerals está no início das fundações de concreto e instalações mecânicas do projeto.


A Companhia Paranaense de Construção S.A. (Copa) trabalha na terraplanagem e engenharia civil, atualmente com 41% e 4% finalizadas, respectivamente, com foco nas obras do forno e forno rotativo. Os componentes da placa de base do forno são fornecidos pela Hatch e a montagem está prevista para começar ainda em outubro. A FLSmidth avançou também com a fabricação do forno rotativo. A parte de drenagem também está adiantada e as estradas de acesso e pontes passam por melhorias para atender aos padrões exigidos pela operação durante um ano inteiro. “A energização da parte elétrica está próxima de ser concluída. Foi um trabalho planejado para proporcionar um ambiente de trabalho seguro e altos níveis de produtividade durante todo o processo”, comentou Martin.


A Horizonte avançou também com as análises de engenharia e estimativas de custos de uma segunda linha de produção do projeto Araguaia, como opção para adicionar um conversor de parte da produção de ferroníquel em níquel fosco, produto com alto potencial comercial para o mercado de baterias de carros elétricos. O CAPEX total do projeto Araguaia é de US$ 537 milhões.


Por meio de uma parceria com o SENAI, a Horizonte Minerals está investindo cerca de R$ 2 milhões em cursos de capacitação para proporcionar formação qualificada para que a mão-de-obra local adquira conhecimento e capacitação para trabalhar na construção e operação do Projeto Araguaia, em Conceição do Araguaia, e para outras indústrias. Ainda em outubro, a Horizonte vai iniciar a quarta rodada do curso de qualificação e capacitação.


Fonte: Brasil Mineral, assine etenha acesso aum vasto conteúdo de notícias do setor mineral

0 comentário