top of page

FBDM ERRA NO PAGAMENTO DE ADICIONAL NOTURNO DOS TRABALHADORES DA MINA



A FBDM não pagou os devidos adicionais noturno dos trabalhadores da Mina de Fazenda Brasileiro, em janeiro/23. Só depois da cobrança de muitos trabalhadores e após reunião entre o Sindimina/FBDM é que a empresa justificou que “houve um probleminha no sistema que não reconheceu o pagamento dos adicionais noturno”.

Informou que foram poucos os trabalhadores que ficaram sem receber o adicional e que o pagamento seria feito na quinzena ou na folha de fevereiro. Ocorre que, já saiu o pagamento dos salários do mês de fevereiro e apareceram “novos probleminhas no pagamento”.

São muitos os trabalhadores da mina com dúvidas no pagamento dos benditos adicionais. Segundo informações dos próprios supervisores no DDS (Diálogo de Segurança), foram lançadas algumas FALTAS ABONADAS no contracheque de alguns trabalhadores de forma indevida. Só que, nos dias que estas foram lançadas erroneamente os trabalhadores deixaram de receber o adicional noturno.

Queremos que a FBDM resolva essa situação o mais breve possível, corrigindo a frequência dos trabalhadores , retirando as faltas indevidas, mesmo que abonadas. Bem como, que seja corrigido e pago o valor do adicional devido a cada funcionário, já na próxima quinzena. Pois, nada justifica esses “erros” e quem erra é que deve se retratar o mais rápido possível. Não é razoável penalizar o trabalhador para que este só receba a diferença na folha de pagamento do mês seguinte.

Porque será que a FBDM/Equinox só comunicou esses “erros” depois que os trabalhadores perceberam a diferença nos seus contracheques? odos queremos saber o que realmente está acontecendo. É importante esclarecer se isso foi um erro da empresa ou se estão fazendo com que essa situação aconteça apenas com os Trabalhadores da Mina Subterrânea.

Erros acontecem, mas permanecer no erro já compromete a credibilidade da FBDM/Equinox.


0 comentário
bottom of page