EQUINOX ZERA VALOR DA PR DOS TRABALHADORES DE FAZENDA BRASILEIRO




Os representantes da Comissão de Participação nos Resultados (PR) se reuniram com a FBDM, em 03 de novembro de 2021, para apresentação dos resultados do mês de setembro deste ano.

Na ocasião, a FBDM também apresentou as suas planilhas com os resultados aferidos da PR , no período de janeiro à setembro de 2021 (9 meses), que na ocasião seria convertido no montante de 3,37 salários.

No dia 30 de novembro de 2021, a Empresa FBDM realizou uma nova reunião com a

Comissão para a apresentação da PR referente ao mês de outubro de 2021. Para surpresa de todos, a Comissão foi surpreendida com a apresentação de uma planilha totalmente

c o n t r a d i t ó r i a e f o i i n f o r m a d a p e l o s representantes da empresa que no mês de outubro não foram alcançadas as metas. Por esse motivo, embora tenham atingido a meta de Janeiro a Setembro, como a meta de outubro não foi alcançada a PR está 00 (ZERADA).

Isso mesmo: caiu de 3,37 salários para nada!

Mesmo com tudo que vem acontecendo na Mineração da FBDM, é evidente que esses

trabalhadores não mediram esforços, empregaram a sua força de vontade e de trabalho para alcançar as metas e entregar uma excelente produção a esta empresa. Desta forma, impossível entender mais essa façanha da FBDM para retirar a PR da classe trabalhadora.

Não é razoável e nem justo que apenas um mês “abaixo” da meta tenha o poder de anular os 9 meses de meta batida. O fato é que a FBDM não conseguiu explicar e convencer a Comissão e, tampouco, aos Trabalhadores de como isso foi possível. Fazer com que acreditem nessas planilhas é, sem dúvida, subestimar a capacidade de inteligencia dos trabalhadores(as) da empresa.

A FBDM não querer pagar o devido PR para os seus trabalhadores é um absurdo inédito e

histórico na área da FBDM. Esperamos que essa situação seja apenas mais uma desorganização

ou falta de conhecimento da empresa FBDM/Equinox, e não uma estratégia para prejudicar

aqueles que são os verdadeiros pilares desta empresa.

Por fim, frisamo que os trabalhadores de FBDM vêm se esforçando e contribuindo muito para alcançar todas as metas de produção e, portanto, devem ter a sua Participação nos Resultados reconhecida e merecidamente paga. O Sindimina está atento a esta movimentação e acompanhando de perto o desfecho dessa história que esperamos que tenha um final justo e feliz para a classe trabalhadora que não merece ter seus esforços zerados, mas valorizados como sempre foram.

0 comentário