top of page

Com a compra da Oz Minerals, BHP amplia presença no Brasil

A Oz Minerals possui ativos de cobre no Brasil, na região de Carajás, dos quais o principal é a mina Pedra Branca, inaugurada em 2020 em Água Azul do Norte (PA).


Com a aquisição da OZ Minerals por US$ 9,6 bilhões, a BHP Billiton amplia sua presença no Brasil, onde já divide com a Vale o controle da Samarco, produtora de pelotas de minério de ferro. A Oz Minerals possui ativos de cobre no Brasil, na região de Carajás, dos quais o principal é a mina Pedra Branca, inaugurada em 2020, localizada em Água Azul do Norte (PA), com capacidade instalada de 720 mil t/ano de minério de cobre e ouro através de lavra subterrânea. O minério é processado na planta situada em Curionópolis (PA), que tem capacidade instalada para processar 800 mil t/ano de minério, produzindo 12 mil t/ano de cobre em concentrado.


A empresa possui também o projeto Pantera, de exploração de cobre e ouro, a 110 km a oeste da mina de Pedra Branca, que tem potencial para se tornar o próximo hub de produção na região. Além disso, atua na exploração de ouro na província de Gurupi (MA), também seguindo a estratégia de hub, ou seja, uma planta central e produção de minério em depósitos satélites.


A BHP espera iniciar o processo de transição no Brasil em janeiro de 2023 e a expectativa é que até junho do próximo ano todo o comando das operações já esteja com o pessoal da BHP.


Fonte: Brasil Mineral, assine e tenha acesso a um vasto conteúdo de notícias do setor mineral

0 comentário

Comments


bottom of page