BNDES e União lançam oferta de debêntures da Vale

A Vale anunciou na segunda-feira (29) que recebeu comunicado do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), da BNDES Participações (BNDESPar) e da União sobre o lançamento da oferta pública de distribuição secundária de debêntures participativas, da espécie subordinada, de sua emissão.


A operação ofertará ao menos 142 milhões de debêntures emitidas pela Vale, sendo 93,9 milhões de títulos em posse da União, 37,5 milhões do BNDES e 10,6 milhões da BNDESPar. De acordo com o comunicado, a quantidade total de debêntures inicialmente ofertada poderá ser acrescida em até 50,94%, com os vendedores colocando mais 72,329 milhões desses títulos no mercado. Seriam 47,828 milhões pela União e 24,5 milhões do BNDES, nas mesmas condições e pelo mesmo preço das debêntures inicialmente ofertadas. Segundo a Vale, em 31 de dezembro de 2020, havia em circulação 388,56 milhões de debêntures, e os ofertantes eram titulares de aproximadamente 55% desse total. A oferta secundária anunciada corresponde a aproximadamente 37% do total dos papéis, sem considerar as debêntures adicionais, ou a aproximadamente 55% do montante. A Vale informou que não participará desta oferta como potencial compradora "por não possuir todas as autorizações regulatórias necessárias e por uma prerrogativa de alocação de capital neste momento". Em nota publicada em 17 de março, a Vale disse que, 'neste momento', a eventual recompra das debêntures participativas "não é prioridade na alocação de capital, ainda que as condições a permitissem". A empresa é tida por investidores como principal compradora das debêntures participativas do BNDES. No início do mês, o BNDES já havia anunciado a intenção de fazer a oferta, que poderia abranger parte ou a totalidade das debêntures do banco. Em fevereiro, o BNDES zerou sua participação na Vale ao vender quase 120 milhões de ações que detinha na empresa em operações que levantaram R$ 11,2 bilhões. O banco já havia realizado transações anteriores, inclusive com papéis da Vale. Em novembro, uma venda em bloco de ações da empresa levantou R$ 2,54 bilhões.


Fonte: Nótícias de Mineração do Brasil


0 comentário

SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.