top of page

Anglo American confirma e rejeita nova proposta da BHP

Nos termos da última Proposta, para cada ação da Anglo American detida os acionistas da Anglo American receberiam 0,8132 ações da BHP


O Conselho da Anglo American confirma que em 7 de maio de 2024 recebeu uma segunda proposta “não solicitada, não vinculativa e altamente condicional da BHP. A estrutura da última proposta, conforme a Anglo American, permanece inalterada em relação à proposta anteriormente rejeitada em 26 de abril de 2024. Esta compreende uma oferta de todas as ações da Anglo American pela BHP, com a exigência de que a Anglo American conclua duas cisões separadas de todas as suas participações na Anglo American Platinum Limited e Kumba Iron Ore Limited aos acionistas da Anglo American.

A oferta de todas as ações e as cisões exigidas seriam intercondicionais. Nos termos da última Proposta, para cada ação da Anglo American detida os acionistas da Anglo American receberiam 0,8132 ações da BHP e ações ordinárias da Anglo American Platinum Limited e da Kumba Iron Ore Limited (distribuídas pela Anglo American aos seus acionistas em proporção direta à participação efetiva dos acionistas da Anglo American na Anglo American Platinum Limited e na Kumba Iron Ore Limited).

O Conselho também informa que analisou a última proposta com seus consultores e concluiu que ela continua a subestimar significativamente a Anglo American e suas perspectivas futuras. Além disso, o Conselho também levou em consideração o feedback detalhado do seu amplo envolvimento com os acionistas e partes interessadas da Anglo American desde que a abordagem da BHP se tornou pública em 24 de abril de 2024.

“Além de desvalorizar significativamente a Anglo American, a última proposta continua a contemplar uma estrutura que o Conselho acredita ser altamente pouco atraente para os acionistas da Anglo American, dada a incerteza e a complexidade inerentes, e os riscos de execução significativos. A exigência de realizar duas cisões simultâneas cria uma incerteza significativa, que recai desproporcionalmente sobre os acionistas da Anglo American. As participações acionárias da Anglo American Platinum Limited e da Kumba Iron Ore Limited, ao valor atual de mercado, valem aproximadamente US$ 15 bilhões e 34% do valor total proposto. Esta é uma quantidade substancial de ações para distribuir e reflete a maioria das ações da Anglo American Platinum Limited e da Kumba Iron Ore Limited. Isto cria uma incerteza significativa quanto ao valor entregue como parte da proposta. Além disso, ao exigir isto como parte de uma aquisição da Anglo American, resultaria em aprovações adicionais relacionadas com estas duas cisões. Espera-se que o cronograma para obter essas aprovações adicionais seja demorado. Algumas dessas aprovações podem resultar em condições potenciais associadas às aprovações, o que poderia impactar desproporcionalmente a Anglo American Platinum Limited e a Kumba Iron Ore Limited e não são abordadas na Última Proposta. Conseqüentemente, o Conselho da Anglo American rejeitou por unanimidade a última proposta. O Conselho está confiante nas perspectivas futuras independentes da Anglo American”.

A Anglo American afirma que acelerou os planos para a implementação de sua estratégia autônoma e que fornecerá uma atualização detalhada aos investidores em 14 de maio de 2024. Stuart Chambers, presidente da Anglo American, comentou: “A última proposta da BHP novamente falha em reconhecer o valor inerente à Anglo American. Os acionistas da Anglo American estão bem-posicionados para se beneficiarem da crescente demanda de produtos capacitadores futuros, enquanto a crescente intensidade de capital para colocar o fornecimento greenfield on-line torna os ativos comprovados com dotações de recursos de classe mundial cada vez mais atraentes. excelência operacional, simplificação e crescimento do portfólio e está preparada para acelerar a entrega a fim de liberar esse valor inerente”.

Para a Anglo American, a proposta da BHP também continua a ter uma estrutura pouco atrativa. “Isso deixa a Anglo American, seus acionistas e partes interessadas desproporcionalmente em risco devido à incerteza substancial e ao risco de execução criado pela proposta de execução intercondicional de duas cisões e uma aquisição." Os acionistas da Anglo American são aconselhados a não tomar nenhuma ação em relação a este assunto. Um novo anúncio será feito quando apropriado. Não há certeza de que qualquer oferta firme será feita”.


Fonte: Brasil Mineral

0 comentário

Comments


bottom of page