Terceirizados da MAP pedem socorro


Os trabalhadores da empresa MAP estão passando (mais uma vez!) por um momento difícil em relação ao Acordo Coletivo de Trabalho, pois a empresa vem tentando a todo custo retirar benefícios dos trabalhadores que já foram conquistados e são frutos de muitas lutas.

A data base do ACT foi em 1º de janeiro de 2019, mas já estamos em maio e até o momento não houve acordo. Após diversas reuniões sem sucesso, o Sindimina promoveu uma pequena paralização informativa para deixar os trabalhadores ciente de todo processo negocial e das medidas que serão tomadas para chegar a um acordo o mais breve possível.

Vale lembrar que no ACT anterior, a MAP retirou um benefício que promovia ajuda de custo a apenas 08 (oito) trabalhadores moradores da zona rural que, antes da MAP ganhar a concorrência, recebiam R$ 35,00 para se deslocar com transporte próprio para o trabalho. Na ocasião, a MAP e a Célula de Contrato da FBDM impuseram a extinção dessa ajuda de custo ou a DEMISSÃO deles, fato que só não ocorreu porque os trabalhadores abriram mão dessa ajuda tão pequena para a MAP, mas importante para quem ganha pouco.

Situações como essa são preocupantes e é por isso que a Diretoria do Sindimina pede a ajuda do GERENTE GERAL E TAMBÉM DA DIRETORIA DA LEAGOLD para conter esse tipo de comportamento, já que a própria Leagold, quando assumiu a área de FBDM, garantiu que NENHUM TRABALHADOR TERIA OS SEUS BENEFÍCIOS REDUZIDOS.

Diante disso, queremos saber o que está acontecendo com essa Célula de Contrato e a empresa MAP? É justo que os trabalhadores terceirizados, que já não tem os mesmos benefícios dos trabalhadores da FBDM (plano de saúde, não recebe PR mesmo contribuindo com a produção da FBDM, ajuda escolar, abono, salários que são totalmente diferenciados e outros mais) tenham seus poucos benefícios retirados? Será que a Leagold vai permitir que esses grupos continuem agindo desta forma? Esperamos que não.

Sugerimos que a Leagold faça um pequeno teste com os trabalhadores da Célula de Contrato: corte todos os benefícios no Acordo Coletivo de Trabalho que os trabalhadores que trabalham na Célula de Contrato têm e recebam todos, sem exceções, os benefícios que os trabalhadores da MAP recebem. Será que eles ficariam satisfeitos? PIMENTA NOS OLHOS DOS OUTROS É REFRESCO!

A preocupação é geral. Os terceirizados das outras empresas prestadoras de serviços na FBDM também estão ligando para o Sindimina e pedindo “PELO AMOR DE DEUS” para que o sindicato não permita que isso permaneça. O fato é que se a MAP ganhar qualquer outra concorrência, os trabalhadores perderiam os seus benefícios que juntos conquistamos com muitas lutas.

Gostaríamos de deixar uma pequena reflexão para, principalmente a MAP e a CÉLULA DE CONTRATO DA FBDM:

Antes de assinar um contrato, mesmo que seja benéfico só para os que assinam, primeiro se coloquem no lugar daqueles que vocês dependem para executá-lo. O mundo é grande o suficiente para satisfazer as necessidades de todos, mas sempre será muito pequeno para a ganância de alguns. Se as feridas do teu próximo não lhe causam dores, pode ter a certeza de que a sua doença é muito pior do que a deles.


SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.