Produção de cobre da Mineração Caraíba cresce 51% em 2018


A produção total de cobre da Mineração Caraíba foi de 30.426 toneladas em 2018. Em comparação com as 20.133 toneladas produzidas em 2017, houve um aumento de 51% na produção anual, superando em 15% a meta original da produção de 2018. A mineradora é controlada pela firma canadense Ero Copper. No quarto trimestre do ano passado, a produção de cobre foi de 12.104 toneladas, o que mostra um aumento de 55% na comparação trimestral.

A meta para este ano é ficar na faixa de produção de 36.000 a 38.000 toneladas de cobre. Enquanto que a faixa de meta de custo desembolsável vai de US$ 1,00 a US$ 1,10 por libra de cobre, considerando a taxa de câmbio de R$ 3,70 para US$ 1. Segundo a Ero, o investimento de capital neste ano será de US$ 62 milhões.

"Nossa estratégia para 2018 era garantir uma base para a produção de cobre de longo prazo nas operações no Vale do Curaçá. Com o comissionamento antecipado da mina Vermelhos, em agosto, e a consistente produção mês a mês da mina Pilar, a companhia alcançou esse objetivo. Além disso, a produção da usina de 777.480 toneladas no quarto trimestre, uma produção anual equivalente a 3,1 milhões de toneladas, demonstra que a fábrica é capaz de operar consistentemente em seus limites atuais de capacidade estimada de 3,2 mtpa", disse David Strang, CEO da Ero.

"Esperamos aproveitar o forte desempenho operacional realizado até hoje, à medida que continuamos a aumentar a produção total de cobre, reduzir mais os custos operacionais e implementar vários projetos de otimização de alto valor iniciados em 2018. Em 2019, a produção de minério é estimada em 2 milhões de toneladas, e estamos focados em identificar oportunidades para continuar a aumentar a produção da fábrica este ano", declarou ele em nota emitida na terça-feira (15).

Exploração

Os gastos estimados com exploração são da ordem de US$ 20 milhões. Esse valor vai financiar o programa de exploração de 2019 que terá 130.000 metros de sondagem exploratória, composta por 112.500 metros de sondagem próxima à mina, além de 17.500 metros de sondagem greenfield para testar alvos de exploração regional identificados durante o levantamento aerogeofísico.

"Nossos programas de exploração estão agora focados em prolongar a vida útil da mina e aumentar a produtividade da fábrica. Pretendemos nos basear nos sucessos de 2018 com as descobertas do West Limb em Pilar e na East Zone em Vermelhos, transformando cada descoberta em reservas minerais através de agressivas sondagens detalhadas e de extensão", declarou Strang.

Os resultados financeiros para o ano completo e quarto trimestre de 2018 serão publicados no 14 de março de 2019, após o fechamento da Bolsa de Valores de Toronto. As informações são da Ero Copper.

Fonte: https://www.noticiasdemineracao.com/produ%C3%A7%C3%A3o/news/1354609/produ%C3%A7%C3%A3o-de-cobre-da-minera%C3%A7%C3%A3o-cara%C3%ADba-cresce-51-em-2018


SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.