SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.

Sento Sé: Garimpo já fez mais de 3 mil subir serra em busca de pedra preciosa


A procura pelas ametistas de Sento Sé, no Vale do São Francisco, já levou mais de três mil pessoas a subir a Serra da Quixaba. O cálculo é do Departamento Nacional de Pesquisas Minerais na Bahia [DNPM/BA]. Segundo o órgão, a procedência dos garimpeiros também é variada. Vem de várias regiões do país atrás do desejo de sair de lá com as pedras preciosas.

O DNPM informou que as primeiras ações do departamento em Sento Sé foram diagnosticar a área. Foram feitos registro das “bocas de serviços”, onde as pedras são procuradas, além de entrevistas com os garimpeiros sobre a atividade, a produção e a venda das pedras.

Ainda segundo o DNPM, a equipe do órgão, composta pelo superintendente, Raimundo Sobreira, e mais dois técnicos, também prestou esclarecimentos sobre a regularização da atividade e sugeriu ações de suporte para minimizar os efeitos sociais e econômicos da atividade.

Sento Sé: A mina que emergiu de um buraco de tatu

Raimundo Sobreira, superintendente do Departamento Nacional de Pesquisas Minerais (DNPM) na Bahia, esteve em Sento Sé levando uma equipe para avaliar o caso da mina de ametista da Serra do Quixaba, que, com apenas 15 dias de descoberta, já reuniu mais de três mil garimpeiros. Ele diz que o foco é o social, promover meios para viabilizar o garimpo, mas ressalta que há uma série de providências, incluindo o Ibama. A mina fica no Parque Nacional do Boqueirão da Onça.

– É uma área que só tem veado, tatu e caititu, mas surge no momento de crise temperada com uma seca nunca vista.

Aliás, a mina entrou em cena por obra de uma atividade ilegal, a caça. Quinze dias atrás um agricultor, ao lado do filho e outra pessoa, cavava o buraco de um tatu quando deu nas ametistas. Soltou o tatu e fez a festa. Dizem lá que foi o tatu que deu a dica. Para salvar a pele mostrou as pedras. Muitos minérios — Diz Sobreira que Sento Sé é um município pródigo em minérios. No DNPM tem pedidos de exploração que envolvem 70% do território:

– É tudo. Ouro, prata, cristal branco, citrino, manganês e galena.

Veja matéria sobre o garimpo: