ALÔ SUPERVISOR! A CIPA NÃO PODE PARAR


O Sindimina tomou conhecimento que um determinado supervisor, da turma C, da Fazenda Brasileiro Desenvolvimento Mineral (FBDM) vêm tentando impedir o trabalho da CIPA, pois alguns trabalhadores foram compelidos a deixar de participar da reunião da Comissão para voltar aos seus postos de trabalho.

Tal atitude demonstra que a FBDM não tem dado a devida importância à CIPA e ao voto dos trabalhadores que elegeram seus representantes para atuar nesta Comissão que tem com objetivo garantir a prevenção de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, buscando conciliar o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde de todos os trabalhadores.

Gostaríamos de lembrar a FBDM e seus gerentes que a CIPA tem por atribuição identificar os riscos do processo de trabalho e elaborar o mapa de risco, com a participação do maior número de trabalhadores. Bem como, ressaltar que os trabalhadores eleitos ou nomeados envolvidos neste processo possuem estabilidade, desde o registro da candidatura até um ano após o término do mandato, e precisam ter a autonomia suficiente para desempenhar a sua função na CIPA. Em outras palavras: poderão existir momentos em que o trabalhador terá que cobrar do empregador soluções e ações corretivas (em máquinas e equipamentos, por exemplo) e nessa hora a estabilidade o protege de ser demitido injustamente.

O Sindimina está atento a esta situação e não permitirá que episódios lamentáveis como este possam se repetir. O acompanhamento e avaliação dos ambientes e condições de trabalho visando a identificação de situações que venham a trazer riscos para a segurança e saúde dos trabalhadores não pode parar por capricho de supervisor que não conhece a legislação. ESTAMOS ATENTOS!


SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.