Vazamento de gás mata 23 trabalhadores em mina de carvão na China

Pelo menos 23 trabalhadores morreram após um vazamento de monóxido de carbono em uma mina de carvão em Diaoshuidong, perto da cidade de Chongqing, na China, conforme informou a imprensa estatal. O acidente ocorreu por volta das 17 horas locais de sexta-feira (4), quando 24 mineiros se encontravam no local. As equipes de salvamento conseguiram resgatar uma pessoa com vida.


A imprensa oficial noticiou no sábado (5) a morte de 18 pessoas e de um sobrevivente, quando as equipes de salvamento ainda tentavam localizar os outros cinco trabalhadores presos no subsolo. No domingo (6), este número subiu para 23. As autoridades chinesas abriram uma investigação - supervisionada pelo Comité de Segurança do Trabalho do Conselho de Estado - para determinar as causas do escapamento de monóxido de carbono, um gás inodoro que pode causar a morte quando inalado em níveis elevados. A mina de Diaoshuidong, localizada a cerca de 1800 km da capital chinesa, tinha encerrado sua operação há dois meses e os mineiros trabalham na desmontagem do maquinário subterrâneo. Esta não é a primeira vez que ocorre um acidente nesta mina. Em março de 2013, um outro incidente da mesma natureza tirou a vida a três trabalhadores. A mineração chinesa, especialmente nas minas de carvão - a principal fonte de energia do país - tem uma elevada taxa de acidentes, geralmente devido a negligência ou descumprimento de medidas de segurança. Em setembro, 16 mineiros morreram numa mina de carvão igualmente localizada no município de Chongqing, também após um escapamento de gás. Outros 15 trabalhadores morreram em novembro de 2019, na sequência de uma explosão provocada pela acumulação de gás numa mina na província de Shanxi. As autoridades chinesas atribuíram a explosão na ocasião a atividades "ilegais". De acordo com dados do observatório laboral China Labour Bulletin, só este ano já foram registrados 75 acidentes em atividades de mineração no país, resultando em mais de uma centena de mortes.


As informações são do Mundo ao Minuto e AFP.


0 comentário

SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.