Vale investiu R$ 20 bilhões em Minas Gerais no primeiro semestre

A Vale investiu cerca de R$ 20 bilhões em Minas Gerais no primeiro semestre, segundo o relatório Vale+, divulgado pela empresa na quinta-feira (19). O montante diz respeito a custeio e investimento da empresa no Estado, com ações ambientais, sociais, além de remunerações e benefícios pagos a empregados da companhia.


De acordo com o relatório, foram R$ 17,4 bilhões em desembolso (custeio e investimento); R$ 864 milhões em dispêndios ambientais (entre voluntários e obrigatórios); R$ 320 milhões em investimentos sociais (entre voluntários, obrigatórios e mitigatórios); e R$ 1,4 bilhão, somando todas as remunerações e benefícios pagos pela Vale no período para empregados próprios no estado.


Segundo a publicação, as operações da Vale em Minas Gerais empregam em torno de 40 mil pessoas, considerando mão de obra própria e terceirizada.


O documento demonstra ainda que a empresa produziu 56,7 milhões de toneladas de minério de ferro em Minas Gerais no primeiro trimestre, o que rendeu ao Estado, R$ 1,7 bilhão em tributos como Cfem, ICMS, ICMS Importação, TFRM e ISS.


A Vale informou ainda que gastou no estado R$ 12,7 bilhões em compras com 1,619 fornecedores locais, o que representa 75% das compras de serviços e produtos realizadas para operações e projetos da Vale em Minas Gerais.


Instituições sociais de Minas Gerais receberam mais de R$ 47 milhões em recursos incentivados para execução em 2021. O objetivo é contribuir para ações em defesa dos direitos dos idosos, das crianças e dos adolescentes e para viabilizar projetos sociais esportivos nos territórios onde a empresa atua.



A empresa reportou investimentos em áreas como saúde, com destaque para ações de combate à pandemia de Covid-19, desenvolvimento dos territórios, em frentes como cultura, geração de trabalho e renda, melhoria da saúde e qualidade de vida das comunidades.


"A conversa ativa e direta é fundamental para reforçar a cultura da prevenção, ouvir sugestões e tirar dúvidas. No primeiro semestre, realizamos mais de 200 bate-papos sobre coronavírus para mais de 100 mil pessoas, incluindo empregados Vale", disse Marcelo Campolina, técnico de Controle de prestadores de serviço e familiares.


Fonte: Notícias de Mineração do Brasil


0 comentário