Usiminas quer renovar maior alto-forno da empresa até setembro de 2021


Com previsão de 110 dias de duração e investimentos de mais de R$ 1,2 bilhão, a reforma do alto-forno 3, o de maior capacidade produtiva da Usiminas, ocorrerá entre 12 de junho a 30 setembro de 2022. A informação é do presidente da companhia, Sérgio Leite de Andrade, em coletiva de imprensa realizada por meio virtual, na terça-feira (10), em Belo Horizonte (MG).

Segundo o executivo, tanto a diretoria quanto o conselho de administração já aprovaram a reforma. "Obviamente que condições econômicas podem influenciar em adiamento, já que a previsão inicial era para o próximo ano e foi adiado", disse em comunicado ao mercado expedido no fim de 2019.

Atualmente, a planta industrial de Ipatinga conta com três altos-fornos. Os equipamentos 1 e 2, juntos, produzem cerca de 4 mil toneladas de ferro-gusa por dia. Já o alto-forno 3 possui capacidade de produzir cerca de 7 mil toneladas de ferro-gusa diariamente.

Alto Forno 2 sem previsão de religação

Ainda, na mesma coletiva, o presidente afirmou que ainda não há previsão para a religação do alto-forno 2. "Religamos o alto-forno 1 e estamos satisfeitos com a produtividade, mesmo com os incidentes próprios da complexidade operacional do equipamento", observou o executivo da siderúrgica.

As informações são do Portal Negócios Já.


SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.