top of page

US$ 49,87 bilhões: Anglo American rejeita terceira proposta de aquisição da BHP

Apesar de não aceitar a oferta, a Anglo concedeu prazo de uma semana para uma nova proposta


Pela terceira vez em um mês, a Anglo American rejeitou uma proposta de aquisição feita pela BHP Group. Agora, o valor oferecido foi de 38,6 bilhões de libras, o equivalente a US$ 49,87 bilhões.


No entanto, a Anglo American concedeu o prazo de uma semana para que a rival apresente uma proposta vinculante.


Menos de duas semanas depois da segunda tentativa, a BHP aumentou a oferta de aquisição em cerca de 17% em relação aos US$ 42,6 bilhões oferecidos anteriormente.


A BHP deve anunciar se possui ou não intenção de realizar uma nova oferta até a próxima quarta-feira (29).


Nesta terceira oferta, a proposta de 29,34 libras por ação foi maior se comparada à oferta inicial de 25,08 libras e está condicionada à separação dos ativos de platina e minério de ferro da Anglo na África do Sul.


“O conselho está confiante nas perspectivas futuras independentes da Anglo American e acredita que a Anglo American estabeleceu um caminho e um cronograma claros para entregar a aceleração de sua estratégia para liberar valor significativo e puro para os acionistas da Anglo”, afirmou o presidente do conselho da Anglo American, Stuart Chambers.


O CEO da BHP, Mike Henry, reforçou que a proposta revisada aumentaria a participação agregada dos acionistas da Anglo American no grupo combinado para 17,8%, contra 16,6% na segunda.


“A BHP apresentou uma relação de oferta final de 0,8860 ação da BHP para cada ação da Anglo American. A proposta revisada oferecerá valor imediato aos acionistas da Anglo e permitirá que eles se beneficiem da geração de valor de longo prazo do grupo combinado”, escreveu Henry.


Fonte: Revista Mineração & Sustentabilidade

0 comentário

Comentarios


bottom of page