top of page

Tragédia em Mariana: MME quer melhor acordo para compensação

O objetivo é garantir que os recursos cheguem efetivamente à população




O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, reuniu-se com os governadores de Minas Gerais e do Espírito Santo para tratar da melhor governança na repactuação do acordo da tragédia de Mariana, em 2015. O objetivo é garantir que os recursos cheguem efetivamente à população para a real reparação dos danos ambientais, sociais e materiais das vítimas, com segurança e transparência.

“O presidente Lula, com toda a sua sensibilidade social, nos determinou desde o primeiro momento que envidássemos todos os esforços para que o acordo de Mariana seja concluído, garantindo segurança jurídica, reparação real do meio ambiente e às vítimas da tragédia”, disse Silveira. Para o ministro, houve um grande avanço com a presença dos governadores, ministros e com as equipes técnicas. “Saímos com um calendário técnico pronto e queremos em breve poder dar boas notícias, mas, como eu disse, com justiça tanto na questão dos valores quanto na aplicação dos recursos”, disse.

O ministro enfatizou que assumiu o compromisso de não se esquecer das tragédias das quedas das barragens em Mariana e Brumadinho e que atua como interlocutor da União junto aos Estados. Citou que a participação dos movimentos sociais neste processo e a importância de avançar na fiscalização da segurança das barragens são fundamentais. “Estamos avaliando a contemplação efetiva de todos os movimentos sociais, de toda a sociedade, das vítimas e se tudo o que está sendo feito está adequado. Mais do pensar no maior acordo, temos que garantir o melhor acordo para todas os brasileiros”, finalizou.


Fonte: Brasil Mineral

0 comentário

Kommentare

Kommentare konnten nicht geladen werden
Es gab ein technisches Problem. Verbinde dich erneut oder aktualisiere die Seite.
bottom of page