top of page

Superbaterias prometem revolucionar o setor de mineração


Os veículos elétricos são fundamentais para a redução de emissão de carbono. No Brasil, há empresas do setor mineral que já adotaram estes veículos no transporte da sua produção. Entretanto, atualmente, os modelos de baterias criadas só atendem caminhões com menos de 200 toneladas.


Dois principais fabricantes de equipamentos pesados estão na vanguarda dos testes de baterias para caminhões de mineração com capacidade superior a 200 toneladas. Estes avanços abrem caminho para os primeiros veículos desse porte totalmente elétricos.


Segundo o relatório Electric Mine, a empresa americana Caterpillar já testa uma bateria para um caminhão de 265 toneladas. Simultaneamente, a alemã Liebherr analisa uma bateria de alta densidade para um dos seus modelos, com capacidade para 240 toneladas.


Estas novas superbaterias são um passo crucial na viabilização de uma nova geração de caminhões verdes, superando os modelos híbridos diesel-eletricidade e os caminhões a hidrogênio.


A perspectiva de eliminar as emissões diretas dos veículos responsáveis pela maior parte do transporte de minério no mundo é um grande avanço no setor. Esses veículos constituem metade da pegada de carbono do setor de mineração. Portanto, as superbaterias oferecem um avanço substancial para atingir o objetivo de neutralizar as emissões até 2050, conforme o desejado pelas mineradoras do Conselho Internacional de Mineração e Metais (ICMM).


Os desafios do carregamento das superbaterias

Os sistemas embarcados de recarga de baterias, cruciais para ampliar a autonomia dos veículos, ainda não apresentam soluções adequadas. A falta de carregadores universais e a necessidade de aprimorar os carregadores estacionários existentes para reduzir o tempo de recarga também são obstáculos a serem superados.


A evolução das superbaterias e os desafios em torno do carregamento eficiente desses dispositivos são temas que seguem em destaque no campo de pesquisa e desenvolvimento da indústria de mineração. A possibilidade de tornar o setor mais sustentável com a utilização dessas tecnologias aponta para um futuro promissor.


Fonte: Portal da Mineração



0 comentário

Comentarios


bottom of page