Sigma fecha contrato de engenharia com Duro Felguera para projeto de lítio em MG


A Sigma Lithium assinou contrato de engenharia front-end (Feed, do inglês Front-End Engineering Design) com a Duro Felguera, da Espanha, para o pré-detalhamento do projeto de lítio Grota do Cirilo, no Vale do Jequitinhonha (MG). A companhia canadense ainda recebeu carta de intenções da Agência Espanhola de Crédito à Exportação (Cesce) para financiamento de até 85% do contrato Feed.

Segundo a Sigma, essa é a segunda fase do contrato EPC firmado com a Duro Felguera no mês passado. De acordo com a mineradora, os trabalhos do Feed terão início já em agosto. O projeto de engenharia detalhada, que será será realizado em conjunto com o australiano Primero Group, deve ser concluído até novembro e a previsão é de que a construção da operação comece ainda no quarto trimestre deste ano.

"A Duro Felguera e a Primero também executarão todo o trabalho envolvido na conclusão do contrato de EPC, visando um preço turnkey melhorado para a construção", afirmou a Sigma em comunicado divulgado nesta terça-feira (21).

A empresa espanhola forneceu preço máximo para o contrato EPC, em uma base turnkey, de US$ 23 milhões e R$ 182 milhões, totalizando US$ 58 milhões (considerando o câmbio de R$ 5,20 para US$ 1). A Sigma ressaltou que o valor do contrato "é inferior aos US$ 66 milhões estimados no Relatório Técnico NI 43-101 do Estudo de Viabilidade (FS) do projeto Grota do Cirilo" apresentado em novembro do ano passado.

Ainda em junho a Sigma fechou contrato de financiamento de US$ 45 milhões com o banco Société Générale, recursos que, somados aos US$ 27 milhões de contrato de venda antecipada com a Mitsui e US$ 10 milhões de capital próprio, fornece todo o financiamento necessário para a construção do projeto.

"A desvalorização aproximada de 40% do real desde então teve o efeito geral de diminuir os dispêndios de capital do projeto, dos quais se espera que uma parte material seja originada no país e, portanto, seja denominada em reais", observou a empresa.


"O contrato EPC turnkey de preço fixo mitigará os riscos de excesso de custos para o nosso projeto Grota do Cirilo", salientou o diretor-executivo da Sigma, Calvyn Gardner, que comemorou a participação da Duro Felguera e da Primeiro no desenvolvimento da operação.

"A combinação de suas experiências ajudará a Sigma a gerenciar o risco de construção no projeto: a Duro Felguera tem um histórico bem-sucedido de gerenciamento de contratos EPC de preço fixo no Brasil e no mundo. A Primero trará sua vasta experiência na construção de plantas de processamento de lítio de última geração na Austrália", ressaltou Gardner. "A Duro Felguera também traz para o projeto o apoio financeiro da Agência Espanhola de Crédito à Exportação, permitindo o início de trabalhos detalhados de engenharia e EPC já em agosto", completou.


Fonte: Notícias de Mineração do Brasil

SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.