Schneider Electric e Aveva unificam digitalização de 15 operações da Vale em MG

A Schneider Electric e a Aveva estão impulsionando a unificação da digitalização de 15 operações da Vale em Minas Gerais. A mineradora está usando uma combinação de soluções das duas companhias para integrar, centralizar e monitorar remotamente as atividades nos complexos de minério de ferro de Mariana e Itabira.


Em comunicado conjunto, a francesa Schneider Electric e a britânica Aveva observam que os complexos são dois dos principais locais de produção da matéria-prima siderúrgica da mineradora brasileira e que, juntos, são "responsáveis por mais de 75% dos dados de produção das operações de mineração da Vale em Minas Gerais".

As soluções combinadas da Schneider Electric e da Aveva são compostas por softwares industriais voltados para transformação digital com foco em sustentabilidade, gerenciamento de energia e automação.

O comunicado diz que a digitalização, embora implementada "principalmente para melhorar a segurança por meio de operações remotas", é "extremamente importante para impulsionar a eficiência e a sustentabilidade na mineração".

Por meio da parceria, segundo as empresas, a mineradora pode unificar as operações em vários locais e "atualizar seu sistema antigo para um capaz de controlar remotamente todas as diversas tecnologias que operam em cada instalação de mineração".

"Crucialmente, a solução de gerenciamento remoto permite que a Vale tenha menos profissionais no local, aumentando a segurança e reduzindo os gastos operacionais, ao mesmo tempo que melhora muito a eficiência energética e, portanto, a sustentabilidade", afirma a nota.


Foram implantados nos sites o EcoStruxure Control Expert - Asset Link e o Modicon M580 da Schneider Electric, combinando com o System Platform da Aveva, para "fornecer visibilidade e unificar as operações" para a Vale.

A tecnologia permite que os dados sejam integrados diretamente ao sistema, para que os dirigentes da companhia brasileira tenham "insights granulares sem ter que transferir manualmente qualquer inteligência". "Ao reunir esses dados, a Vale agora pode criar um centro de operações mestre e gerenciar tudo remotamente. Isso melhora muito a eficiência operacional e significa que menos pessoas estão no local, proporcionando um aumento significativo na segurança", ressalta o comunicado.

Outros resultados com a combinação das soluções incluem redução de custos com dados mais rápidos para a tomada de decisões; total visibilidade e compatibilidade para todas as plantas, fornecendo visão holística única; melhor coordenação em operações e maior eficiência e produtividade unificando várias disciplinas no mesmo lugar; padronização completa por meio de plataforma única; e maior sustentabilidade por meio da otimização de recursos.

Desempenho

"A Vale escolheu a Schneider Electric e a Aveva pelo desempenho tecnológico e pela visibilidade oferecida por suas soluções. Elas fornecem um nível extremamente alto de flexibilidade devido à sua natureza agnóstica, facilitando a integração de tecnologias distintas em vários locais", acrescentam as empresas de tecnologia.

De acordo com o vice-presidente de Parcerias Globais Estratégicas da Aveva, Marc Ramsay, as operações de mineração "são ambientes ricos em dados onde a transformação digital pode gerar ganhos de sustentabilidade e produtividade para melhor utilização de ativos e otimização de valor aprimorada".

"No mundo de hoje, a informação é fundamental", completou Rob Moffitt, presidente de Mineração, Minerais e Metais da Schneider Electric. "Ela leva segurança, sustentabilidade e lucratividade para aqueles que podem usá-la com sucesso", acrescentou.

Moffit observou que a produção de ferro é "essencial para as nossas vidas" devido à necessidade de aço em diversas indústrias e que "é vital que um setor no qual confiamos possa operar de forma eficiente, segura e sustentável". "O sistema que criamos para a Vale junto com a Aveva é vital para esse processo. Esperamos ver a Vale revelar seu potencial para entender, gerenciar e aprimorar suas operações em todo o Brasil", disse.

"Junto com a Schneider Electric EcoStruxure, o Aveva System Platform apóia a Vale na realização das minas do futuro por meio de operações contextualizadas construídas em uma base colaborativa baseada em padrões que unifica pessoas, processos e ativos em todas as instalações da Vale para melhoria operacional contínua e real assistência na decisão de tempo", concordou Ramsay.

O diretor sênior de Automação da Vale, Paulo Henrique Fontes Coura, declarou que a empresa está "constantemente buscando melhorar a segurança, eficiência e sustentabilidade, não apenas agora, mas também para o futuro".

"Schneider Electric e Aveva tornaram-se parte integrante dessa jornada. Em vez de simplesmente oferecer o software, eles forneceram um serviço ponta a ponta completo e sob medida, ajudando-nos a otimizar a cada passo. Isso incluiu treinamento, suporte e aconselhamento por toda parte", disse Coura. "A colaboração entre nossas empresas criou algo muito maior do que a soma de suas partes", completou Gilberto da Cunha Vieira, engenheiro elétrico e gerente de Automação da mineradora.


Fonte: Notícias de Mineração do Brasil

0 comentário