Samarco realiza primeira rodada de negócios em programa para fornecedores

Cerca de 200 empresas de Minas Gerais e Espírito Santo participaram da 1ª Rodada de Negócios do Força Local, da Samarco, realizada em 8 e 9 de julho. O programa, que tem o objetivo de ampliar e fomentar a economia local por meio de novos negócios e parcerias, ofereceu a fornecedores de diversos setores a oportunidade de trocarem experiências e conhecerem a atuação da mineradora e suas parceiras.


A primeira rodada de negócios do Força Local contou com a participação das empresas contratadas Sotreq, Salum, Consórcio MRF e Manserv, de Minas Gerais e, pelo Espírito Santo, as contratadas Vix Logística, Visel/In Haus e Manserv.

Para Marcelo Salum, diretor financeiro da Salum Construções, a iniciativa possibilita fomentar, estreitar e criar uma comunidade de negócios fortes. "Atuamos em importantes obras na região e na Samarco. Este momento nos permite criar uma relação de parceria e identificar as entregas das empresas locais. A partir deste encontro, podemos estabelecer relação com novos fornecedores, gerando mais empregos e movimentando a economia local."

Ailana Vilela, gerente de Suprimentos da Samarco, ressaltou que desde a retomada das operações, a empresa vem criando diversas ações dentro do Programa Força Local para fortalecer e desenvolver as áreas onde a empresa atua. "Esta é a oportunidade para as empresas se apresentarem e serem assertivas para criarem um ambiente para negócios e fortalecimento da economia local", disse. Ailana ressaltou ainda a importância da atualização do cadastro para que a empresa possa entrar em contato com os fornecedores.

Durval Vieira de Freitas, da DVF Consultoria, destacou que o encontro possibilitou a realização de negócios entre empresas que demandam produtos e serviços com os fornecedores locais, e compartilhou dicas sobre a realização de negócios.

"O Força Local impacta positivamente as regiões na promoção do desenvolvimento local. Este ambiente propicia que as empresas, além de fornecerem para a Samarco, prospectem novos negócios entre elas, amplie o ambiente para investimentos e aumente a produtividade e competitividade dos negócios locais. As empresas também precisam se adaptar aos novos ambientes, e quem não se comunicar virtualmente estará perdendo oportunidades de negócios", avaliou.


Força Local

Baseado em cinco pilares: políticas, capacitação, negócios, monitoramento e desenvolvimento e qualificação, uma das principais missões do programa é incentivar fornecedores e comerciantes locais para, além de se tornarem aptos a atender possíveis demandas da Samarco, atender também outras empresas.

Lançado em outubro de 2020, o programa promove palestras e seminários como forma de melhorar e preparar profissionais e empresas para o mercado de trabalho. Temas como gestão estratégica e ferramentas de qualidade e produtividade foram apresentadas para representantes das empresas e entidades de classe das cidades de Anchieta, Guarapari e Piúma, no Espírito Santo, e Mariana, Ouro Preto, Catas Altas e Santa Bárbara, em Minas Gerais.

Recentemente foi lançado o Catálogo de Fornecedores Locais, uma iniciativa que reúne serviços de mais de 300 empresas em diversos ramos, com o objetivo de desenvolver e contribuir para a geração de negócios nos territórios. De acordo com a Samarco, para este ano ainda estão previstos novos encontros, entre palestras e seminários, e duas rodadas de negócios (uma em Minas e outra no Espírito Santo) "que possibilitarão conectar compradores e fornecedores, e gerar novas oportunidades comerciais nos dois estados onde a Samarco atua".


Fonte: Notícias de Mineração do Brasil

Assinem ao NMB e tenha acesso a esse e outros conteúdos exclusivos.

0 comentário