top of page

RHI Magnesita dá transparência à pegada de carbono de seus produtos

Todos os gases de efeito estufa, desde a extração da matéria-prima, passando pela produção e embalagem até chegar à remessa, são levados em consideração para o cálculo das emissões.



A RHI Magnesita, líder mundial do setor de refratários, é a primeira empresa do ramo a dar transparência e tornar comparáveis as pegadas de CO2 dos seus cerca de 200 mil produtos. Segundo a empresa, a partir de agora, as fichas de dados técnicos da RHI Magnesita incluirão um campo chamado “Indicadores Ambientais”, onde será informada a emissão de CO2 equivalente a uma tonelada do produto.


“Competitividade, sustentabilidade e transparência estão cada vez mais conectadas e dados sólidos são fundamentais para estabelecer as bases para tomadas de decisão sustentáveis. Ao oferecer transparência total da pegada de CO2 de todos os seus produtos, a RHI Magnesita estabelece novos padrões para a indústria de refratários e atende as necessidades dos nossos clientes: soluções adequadas e sustentáveis agora podem ser facilmente identificadas e incluídas nos ciclos dos produtos e relatórios de sustentabilidade”, explica o Chief Sales Officer (CSO) da companhia, Gustavo Franco.



Emissões calculadas do “berço ao portão da fábrica”



O método de cálculo dos indicadores é desenvolvido em conjunto e supervisionado por especialistas externos, seguindo os princípios das normas ISO. Todos os gases de efeito estufa “cradle-to-gate” (do berço ao portão da fábrica), desde a extração da matéria-prima, passando pela produção e embalagem até chegar à remessa, são levados em consideração para o cálculo das pegadas de CO2.


“Este projeto é um marco importante para a nossa jornada de transformação verde. Uma das principais metas da RHI Magnesita é reduzir significativamente as emissões nas próximas décadas, com o objetivo de longo prazo de alcançar operações de soma zero em todas as áreas da empresa. Uma base sólida para decisões sustentáveis só pode ser alcançada com a criação de uma base de dados válida e auditada”, acrescenta Gustavo Franco.

Diretor-Executivo de P&D para a América do Sul, Paschoal Bonadia sublinha os esforços que têm sido feitos pela RHI Magnesita para tornar-se carbono neutro. “A companhia trabalha com metas claras e investe em diversas frentes de pesquisa e desenvolvimento, tanto próprias quanto com parceiros, para criar inovações nessa área. Temos iniciativas ligadas a novos processos, captura e reaproveitamento do CO2 emitido e de reciclagem dos refratários usados. Dar transparência à pegada dos nossos produtos reafirma o propósito da empresa e é uma ferramenta imprescindível para nossos clientes, que também buscam monitorar e reduzir a pegada de carbono”, avalia.


Recentemente, a companhia anunciou a regionalização de suas operações, buscando maior proximidade e melhor atendimento aos seus clientes. De acordo com a empresa, a reorganização do modelo de negócio também dialoga com as iniciativas de redução de emissões, pois a produção voltada para atender o mercado regional da América do Sul reduz gastos logísticos, como transporte intercontinental.


Visite a página do projeto e assista ao vídeo para mais detalhes acerca da iniciativa.


RHI Magnesita


A RHI Magnesita é o fornecedor líder global de produtos, sistemas e soluções refratárias de alta qualidade que são essenciais para processos de alta temperatura, superiores a 1.200°C, em uma ampla variedade de indústrias, incluindo aço, cimento, metais não ferrosos e vidro.


Com uma cadeia de valor verticalmente integrada, de matérias-primas a produtos refratários e soluções totalmente baseadas em desempenho, a RHI Magnesita atende clientes em todo o mundo, com cerca de 12 mil funcionários em 28 unidades de produção e mais de 70 escritórios de vendas.


A RHI Magnesita pretende alavancar sua liderança em termos de receita, escala, portfólio de produtos e presença geográfica diversificada para atingir estrategicamente os países e regiões que se beneficiam de perspectivas de crescimento econômico mais dinâmico.


O Grupo mantém uma listagem premium na Bolsa de Valores de Londres (símbolo: RHIM) e é um constituinte do índice FTSE 250, com uma listagem secundária na Bolsa de Valores de Viena (Wiener Börse).


Para mais informações, visite: www.rhimagnesita.com.


Fonte: Revista Mineração

0 comentário

Comments


bottom of page