top of page

Plano de Recuperação Judicial da Samarco tem adesão formal dos credores e é homologado


A Samarco informa que a Justiça de Minas Gerais homologou ontem (31/08) o Plano de Recuperação Judicial (PRJ), resultado de um consenso entre a Samarco e a maioria dos credores da companhia. A partir da publicação da decisão de homologação, assinada pelo juiz Adilon Claver Resende, o Plano de Recuperação Judicial passa a ser efetivamente executado e os pagamentos aos credores aplicáveis serão realizados conforme os prazos e condições descritas no Plano de Recuperação Judicial. “A conclusão do processo permitirá que a Samarco se concentre em suas operações e na trajetória de retomada gradual e segura rumo a 100% de sua capacidade produtiva, assim como nos esforços de reparação conduzidos pela Fundação Renova”, afirma o presidente da Samarco, Rodrigo Vilela. “A homologação é resultado de um esforço de todas as partes, de forma a permitir o consenso em torno de um plano equilibrado e perene, o que garante a manutenção da função social da Samarco. A dívida com fundos externos foi equacionada em comum acordo e os trabalhadores e fornecedores estratégicos receberão seus créditos em sua totalidade e corrigidos pela inflação”, destaca o diretor de Reestruturação, Luiz Fabiano Saragiotto. Veja as condições de pagamentos dos débitos para cada classe de credores: https://www.samarco.com/recuperacao-judicial/#rj_oquee Fonte: Conexão Mineral







0 comentário

Comments


bottom of page