PF investiga suposta mineração ilegal em Missão

Ações irregulares aconteceriam em locais de lavras de materiais minerais, que estariam sendo utilizados por empresários da região do Cariri. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em operação para combater crime ambiental


A Polícia Federal (PF) deflagrou operação de combate, na manhã da última terça-feira, 16, a um crime ambiental que estaria acontecendo em Missão Velha, cidade a 508 quilômetros de Fortaleza. Segundo o órgão, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão com o objetivo de desarticular ações irregulares em locais de lavras de materiais minerais, que estariam sendo utilizados por empresários da região do Cariri

Conforme nota divulgada pela instituição, estava sendo feita no município a extração irregular de arenito e de areia. Havia indícios de ausência de licenças ambientais necessárias.

Ações estavam provocando "assoreamento das margens do Riacho Seco, que recebe águas do projeto de transposição do Rio São Francisco", ainda segundo a investigação. Dessa forma, tanto a flora como os moradores locais estariam sendo prejudicados. 

Pelo menos dez agentes federais participaram da operação para cumprir os mandados, determinados pela Justiça Federal. A ação contou com drones e com um levantamento integral dos danos causados pela atividade minerária.

Além disso, foram arrecadadas provas da atividade minerária. Caso a ilegalidade da ação seja confirmada, os responsáveis podem ser indiciados por crimes contra o meio ambiente — mineração ilegal e usurpação de bem da União. Penas podem ser de até seis anos de reclusão.



Fonte: opovo.com.br

0 comentário