Petrobras está com estoques baixos de petróleo após fortes exportações, diz CEO


Com fortes exportações para a China, a Petrobras (PETR4) conseguiu reduzir substancialmente seus estoques de petróleo, mesmo em meio a uma crise provocada pelo coronavírus em muitos mercados de combustíveis, disse o presidente da estatal, Roberto Castello Branco, nesta segunda-feira.

Ele explicou que, diante de uma greve de petroleiros da companhia em fevereiro, a empresa por cautela acumulou estoques. Logo em seguida veio a crise do coronavírus.

Mas, com vendas externas, a empresa conseguiu reduzir o total estocado.

“Com exportações de petróleo cru e óleo combustível, conseguimos eliminar o excesso de estoques e hoje estamos com estoques bastante baixos”, afirmou o executivo, lembrando que a demanda da Ásia, especialmente da China, está impulsionando as exportações da empresa.


Castello Branco recordou que a companhia teve uma “excelente” performance em abril, com embarques recordes puxados pelo grande cliente de commodities, a China.

Ele não citou os embarques de maio da empresa. Mas, segundo dados divulgados nesta segunda-feira pelo governo, houve um forte crescimento das exportações brasileiras, para 8,4 milhões de toneladas, ante 4,8 milhões no mesmo mês de 2019.


Fonte: www.moneytimes.com.br

SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.