Nexa inicia testes de Covid-19 em massa para manter atividades em Aripuanã


A Nexa Resources iniciou testes de Covid-19 em massa em todos os seus funcionários e nos trabalhadores de empresas terceirizadas para manter as obras de construção do projeto de zinco Aripuanã, no Mato Grosso. A medida foi um dos acordos feitos com o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Ministério Público Estadual (MPE), o Tribunal de Justiça (TJ), a Vigilância Sanitária e a Prefeitura Municipal de Aripuanã após serem registrados no local do projeto 30 casos positivos do novo coronavírus. Ao todo, serão testados mais de 1.800 profissionais que compõem a mão de obra do projeto da mineradora. "A estratégia da empresa tem se revelado como uma importante medida de combate à pandemia, especialmente porque é capaz de detectar casos assintomáticos da doença e possibilita maior agilidade no isolamento dos trabalhadores positivados, assim como seus contactantes", disse a Nexa em nota. O gerente-geral de Mineração do projeto Aripuanã, Rodrigo Fonseca, afirma que moradores do município também serão testados e que, após três meses, a estratégia de combate ao Covid-19 será reavaliada. "A testagem em massa é uma das recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para enfrentar a disseminação da Covid-19. Na prática, vamos testar periodicamente cerca de 10% dos atuais residentes de Aripuanã. Seguiremos com os testes rápidos durante três meses, quando reavaliaremos a necessidade de continuarmos com a estratégia", afirmou. De acordo com o prefeito de Aripuanã, Jonas Rodrigues Canarinho (PR), as medidas de prevenção adotadas irão contribuir com o esforço municipal no combate à propagação da doença. "O trabalho preventivo é mais eficiente com a correta e precoce identificação e os cuidados com os casos suspeitos", avalia. Além disso, a empresa afirma que tem trabalhado em parceria com o município e com o Instituto Votorantim para a doação de testes rápidos, disponibilização de UTI aérea e entrega de mais de 70 mil equipamentos de proteção individual aos profissionais da saúde pública.


Fonte: Notícias de Mineração Brasil

SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.