top of page

Lara vai adquirir propriedade vizinha a projeto de cobre no Pará por US$ 250 mil

A Lara Exploration fechou acordo de opção de compra com a Mineração Zaspir para adquirir uma propriedade vizinha ao projeto de cobre Planalto, no Pará. A negociação, realizada pela subsidiária da Lara no Brasil, a Planalto Mineração, tem objetivo de expandir ainda mais o ativo que a mineradora canadense possui em parceria com a Capstone Mining.


Pelos termos do acordo com a Zaspir, a Mineração Planalto fez um pagamento de US$ 25 mil na assinatura do contrato, vai pagar mais US$ 25 mil ao protocolar o pedido de transferência da licença, US$ 100 mil um ano depois e US$ 100 mil após dois anos, para um total de US$ 250 mil.

Além do preço de compra à vista, a Zaspir terá direito a um royalty sobre a receita líquida de produção (NSR, do inglês net smelter return) de 2% sobre qualquer volume produzido.

O acordo prevê também a possibilidade de compra dos royalties por US$ 250 mil em até dois anos da concessão da licença. Após o período, metade dos royalties pode ser comprada pelo mesmo preço.

Em nota divulgada nesta terça-feira, a Lara informou que os direitos da Zaspir compreendem uma área de 336 hectares de área, cobrindo uma faixa de terreno entre os alvos principais de Planalto e a licença recentemente adquirida da Mineração Tariana, subsidiária brasileira da Anglo American, adjacente ao projeto de cobre.

O projeto de cobre Planalto está localizado na província mineral de Carajás, próximo à mina de cobre Sossego da Vale e às minas de cobre Antas e Pedra Branca da Oz Minerals.


A Lara tem a opção de comprar 100% do ativo por meio de pagamentos em dinheiro parcelados para a Capstone que totalizam US$ 500 mil, sendo que US$ 200 mil já foram pagos até o momento, além de 2% de royalties NSR sobre a produção.


Fonte: Notícias de Mineração do Brasil

0 comentário

Comments


bottom of page