Jacobina tem produção recorde no trimestre

A Yamana espera que o objetivo de produção de 8.500 toneladas por dia seja alcançado em julho.




A mina Jacobina, da Yamana Gold, registrou produção trimestral recorde de 49.662 onças de ouro. O trabalho de desenvolvimento da mina subterrânea está alinhado com o plano da mina de 1.500 metros por mês para obter acesso a novos painéis de mineração. Juntamente com as maiores toneladas de minério extraídas, o desenvolvimento da mina oferece flexibilidade adicional por meio do acúmulo de estoques de minério que suportam o maior rendimento da expansão da Fase 2. A produção para 2022 deverá aumentar pelo nono ano consecutivo, tendência que deverá manter-se nos próximos anos, fruto da estratégia de expansão faseada e dos programas de exploração que visam gerar valor significativo a partir da notável valorização geológica da propriedade.


A expansão da Fase 2 em Jacobina continuou a crescer durante o trimestre, com a mina atingindo uma taxa de produção sustentada de mais de 8.400 toneladas diárias em junho.


A Yamana espera que o objetivo de produção de 8.500 toneladas por dia seja alcançado em julho, estabelecendo o perfil de produção sustentável da Jacobina em 230.000 onças de ouro por ano. A estratégia de expansão faseada da Yamana em Jacobina está bem avançada e a companhia prevê que a operação de baixo custo terá uma vida de mina estratégica superior a pelo menos duas décadas, levando em consideração as reservas minerais e recursos minerais. Com a expansão da Fase 2 entregue antes do previsto, a Yamana está agora buscando ampliar a Fase 3 para 10.000 toneladas diárias por meio de desgargalamento incremental contínuo.


Com a licença de expansão para a Fase 3 já em mãos, espera-se que a produção cresça para aproximadamente 270.000 onças de ouro por ano até 2025, com um modesto investimento incremental de US$ 20 milhões a US$ 30 milhões.


Um plano abrangente para a expansão da Fase 4, que prevê um rendimento de até 15.000 toneladas por dia e uma produção de ouro superior a 350.000 onças por ano, também está em andamento, assim como a avaliação de outras opções estratégicas relacionadas a Jacobina e o significativo potencial de exploração que é presente ao longo do prolífico Greenstone Belt de Jacobina, que abriga a mina. Jacobina é um complexo de minas subterrâneas com uma planta comum e agora, além da exploração local, a partir da qual a Yamana obteve sucesso em novas descobertas e no desenvolvimento de novas minas no complexo, a mineradora avança em um esforço de exploração regional mais amplo inicialmente ao norte do complexo de minas atual, embora mais amplo em um greenstone belt de mais de 110 km ao norte de Jacobina, com geologia comparável.

De acordo com resultados preliminares divulgados pela Yamana Gold, a produção atingiu 260.960 onças de ouro equivalentes (GEO) no segundo trimestre de 2022. A produção de ouro durante o trimestre foi de 232.542 onças com produção de prata de 2,36 milhões de onças. Os custos de manutenção total (AISC) para o trimestre devem ser inferiores a US$ 1.090/oz.



Fonte: Brasil Mineral, assine e tenha acesso a um vasto conteúdo de notícias do setor mineral.






0 comentário