INB registra mais quatro mortes pelo novo coronavírus


A indústrias Nucleares do Brasil (INB) registrou mais quatro óbitos causadas pela pandemia do novo coronavírus. O 52º Boletim de Monitoramento Covid-19, divulgado nesta terça-feira (13) pelo Ministério de Minas e Energia (MME), mostra que a empresa saltou de uma para cinco mortes em relação ao informativo divulgado na semana passada.

egundo o relatório, a estatal registra também 14 casos confirmados e em quarentena, 339 recuperados, 31 vacinados com a primeira dose e 39 vacinados com a segunda dose.

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) computou uma morte no boletim da semana passada, passando para nove óbitos causados pela doença. Não houve novos registros de mortes na empresa no boletim divulgado nesta terça. Atualmente, a companhia possui nove casos confirmados e em quarentena, um hospitalizado, 279 recuperados, 169 vacinados com a primeira dose e nove vacinados com a segunda dose.

A Agência Nacional de Mineração (ANM) se manteve com cinco óbitos registrados. São 12 casos confirmados e em quarentena e 70 recuperados.

Já o MME, responsável pela divulgação semanal do boletim, segue com uma morte registrada. São dez casos confirmados e em quarentena, um hospitalizado, 139 recuperados, 35 vacinados com a primeira dose e cinco vacinados com a segunda dose.


Fonte: Notícias de Mineração do Brasil

0 comentário