Hydro paralisa mineroduto e reduz produção na Alunorte


A Hydro declarou na terça-feira (18) que interrompeu a operação no mineroduto utilizado no transporte da mina de bauxita da Mineração Paragominas para a refinaria de alumina Alunorte, no Pará, para uma manutenção prolongada. Segundo a companhia, a medida interrompe temporariamente a produção na mina e reduz a capacidade produtiva da Alunorte.

Durante o período, a produção da Alunorte será reduzida, e deve manter-se entre 35% e 45% da capacidade total, para equilibrar os estoques de bauxita. A produção reduzida impactará os resultados financeiros do terceiro trimestre de 2020", disse a empresa em nota. A Hydro informou que havia programado a substituição de duas seções do mineroduto no terceiro e quarto trimestre de 2020, como parte do plano de manutenção de longo prazo para o mineroduto. No entanto, a condição do equipamento antecipou a realização dos reparos. "Durante o trabalho de manutenção planejado no terceiro trimestre, foi descoberto que uma seção do mineroduto se deteriorou mais rápido do que esperado. Com base em avaliação técnica, foi decidido estender a manutenção e substituir esse trecho do mineroduto antes do inicialmente programado", destaca outro trecho do comunicado. Segundo a companhia, as obras terão início imediato e as operações deverão ser retomadas em dois meses. "A Hydro está tomando todas as medidas necessárias para mitigar qualquer impacto aos clientes", finaliza a empresa. Em junho, a Hydro suspendeu temporariamente a produção na mina de bauxita após três torres de transmissão de energia tombarem e interromperem o fornecimento no local.


Fonte: Notícias de Mineração do Brasil

SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.