top of page

Hochschild Mining tem mais de 100 vagas abertas para Mara Rosa, em Goiás

Em fase final de construção, a previsão de início da produção de ouro é no primeiro semestre de 2024


A Hochschild Mining abriu um grande processo seletivo para preenchimento de diversas vagas de emprego em seu projeto de mineração de ouro em Mara Rosa, Goiás. Neste mês de setembro, são 103 vagas para cargos em níveis diversos, a maioria com início imediato.

Há oportunidades em áreas como Almoxarifado, Operação de Planta, Operação de Mina, Manutenção Industrial, Facilities e Recursos Humanos. Os interessados devem fazer as inscrições com o envio do currículo para o e-mail recrutamento@hocplc.com, com o título da vaga pretendida, até o dia 26 de setembro. Além disso, é essencial ter disponibilidade para residir na região, nos municípios de Mara Rosa, Alto Horizonte, Amaralina ou Campinorte, todos em Goiás. O nível de escolaridade varia de acordo com a área e cargo pretendidos.

Edson Del Moro, Country Manager da Hochschild Brasil, ressalta que o projeto que a companhia está construindo segue rumo ao início da operação nos próximos meses, e a contratação de mão de obra é uma etapa essencial desse processo, que terá um impacto muito positivo na economia local. “Esperamos também construir uma equipe diversa, formada por profissionais capacitados. A Hochschild valoriza as diferenças e oferece oportunidades iguais, considerando todos os candidatos qualificados, sem discriminação por qualquer característica que torna aquele indivíduo único”, diz Del Moro.

As informações sobre as vagas podem ser consultadas nos perfis oficiais da Hochschild nas redes sociais Instagram e LinkedIn.


Mineração de ouro e prata


A Hochschild Mining é uma empresa peruana de mineração de ouro e prata, listada na Bolsa de Valores de Londres, com operações na América do Sul e mais de 100 anos de tradição. No Brasil, tem como ativo o projeto Mara Rosa, iniciado após a aquisição da empresa Amarillo Mineração do Brasil, um open pit (mineração a céu aberto) localizado no município de Mara Rosa, região Norte do Estado de Goiás.

Com foco em pesquisa e desenvolvimento de projetos, a empresa conta com 66 mil hectares em requerimento de lavra, sendo, desse total, 2,4 mil hectares já com portaria de lavra. Em 2021, recebeu a primeira Licença de Instalação e atualmente encontra-se na etapa de construção, com previsão de produção para o primeiro semestre de 2024, estimada em 102 mil onças de ouro/ano nos 4 primeiros anos da operação.


Fonte: Conexão Mineral


0 comentário

Commentaires


bottom of page