top of page

Galvani investe R$ 200 milhões para dobrar produção na Bahia

Empresa vai dobrar a capacidade de produção de fertilizantes no complexo de Luís Eduardo Magalhães (BA)




A Galvani está investindo R$ 200 milhões para dobrar a capacidade de produção de fertilizantes no complexo de Luís Eduardo Magalhães (BA), possibilitando que o volume de produção salte das atuais 600 mil t/ano para 1,2 milhao t/ano.


Em janeiro de 2023, a empresa aumentou em mais de 100% o volume de produção de concentrado fosfático em sua unidade de mineração em Angico dos Dias – Campo Alegre de Lourdes, também na Bahia, produzindo mais de 24 mil toneladas no mês, mais que o dobro do mesmo período do ano passado.


“Investimos em melhorias operacionais e elevamos a performance de gestão da lavra. Isso só foi possível devido ao engajamento de toda a equipe. Um trabalho em conjunto que deu resultado”, afirma Nelson Canato, diretor de Operações da Galvani.


O concentrado fosfático é matéria-prima para a produção de fertilizantes fosfatados, insumo essencial para o agronegócio. Ao sair de Angico dos Dias, o concentrado é transportado para o Complexo Industrial de produção de fertilizantes de Luís Eduardo Magalhães, onde a Galvani fabrica e entrega, anualmente, cerca de 600 mil toneladas de fertilizantes fosfatados.


Fonte: Brasil Mineral, assine e tenha acesso a um vasto conteúdo de notícias do setor mineral

0 comentário

Comments


bottom of page