Exportação de minério do Brasil em junho é a maior em nove meses




As exportações de minério de ferro do Brasil aumentaram 12,2% em junho na comparação com o mesmo mês do ano passado, para 33,68 milhões de toneladas. Este é o maior volume em nove meses, com empresas como a Vale aproveitando a alta nos preços do minério de ferro que superaram 140% na comparação anual, conforme dados do governo brasileiro divulgados na quinta-feira (1º).

Na comparação com maio, as exportações de minério de ferro, um dos principais produtos da pauta brasileira, avançaram 26,3%, com a forte demanda chinesa para a produção de aço, que registrou nível recorde em meses anteriores.

Essa demanda se espelha nos preços do produto exportado do Brasil, que atingiram US$ 153,6 por tonelada (FOB), ante US$ 63,3 no mesmo mês de 2020.

Com esses valores, os embarques de minério de ferro do Brasil renderam ao país no mês passado US$ 5,17 bilhões, um salto ante o US$ 1,9 bilhão no mesmo mês do ano passado, ajudando o país a registrar o maior superavit comercial mensal do ano em junho.

O minério de ferro só ficou atrás dos embarques de soja, que somaram US$ 5,3 bilhões, apesar de um recuo de 12,7% no volume exportado da oleaginosa.

Trimestre


Com os dados de junho, as exportações de minério de ferro do Brasil fecharam o segundo trimestre com alta de 14% ante o mesmo período de 2020, para 86,13 milhões de toneladas, dando uma indicação de como foram os embarques da Vale, que domina as vendas externas brasileiras.

A empresa tem aumentado a sua capacidade de produção, no caminho de atingir níveis vistos antes do desastre de Brumadinho (MG), que resultou em uma série de restrições às operações.

Ao fim de abril, a companhia previu fechar 2021 com capacidade de produção em 350 milhões de toneladas ao ano, contra 327 milhões de toneladas/ano naquele mês.

No fim de 2022, a expectativa é atingir 400 milhões de toneladas em capacidade.

Já a meta de produção para 2021 está estimada no intervalo entre 315 milhões e 335 milhões de toneladas, ante 300,4 milhões em 2020.


As informações são da Reuters.

0 comentário