Estado da Bahia terá 35% do investimento em mineração nos próximos 5 anos



A atividade de mineração na Bahia está registrando taxas de crescimento superiores a de outros estados mineradores e deverá continuar crescendo de forma expressiva nos próximos anos, tendo em vista os projetos que estão sendo implementados por várias empresas.

Hoje o estado é um dos que atraem mais investimentos em mineração, com cerca de 35% do montante previsto para o período 2021-2025, de acordo com o Ibram. Do total de US$ 38 bilhões a serem investidos nos próximos anos, cerca de US$ 13 bilhões serão alocados na Bahia.

Os principais investimentos serão destinados a projetos de minério de ferro, do qual a Bahia se tornou produtor recentemente e deve se consolidar como terceiro maior produtor da commodity no País, atrás apenas de Pará e Minas Gerais.

Além do projeto da Bamin (que inclui mina, ferrovia e porto), há os empreendimentos como o da Brazil Iron, Tombador Iron e Colomi Iron. Mas há também investimentos em cobre (Mineração Caraíba – grupo Ero Copper), ouro (Equinox Gold e Jacobina Mineração e Comércio – Yamana Gold), níquel (Atlantic Nickel), Magnesita (RHI Magnesita), cromo (Ferbasa) e vanádio (Largo/Vanádio de Maracás), principalmente.


Fonte: Brasil Mieral

0 comentário