top of page

Equinox Gold planeja investir US$ 324 milhões em 2023

A Equinox Gold fechou o ano de 2022 com o seu melhor trimestre em termos de produção, com um total de 532,3 mil onças de ouro e custos totais (AISC) de US$ 1.622 por onça produzida


A Equinox Gold fechou o ano de 2022 com o seu melhor trimestre em termos de produção, com um total de 532,3 mil onças de ouro e custos totais (AISC) de US$ 1.622 por onça produzida, segundo o presidente e CEO da empresa, Greg Smith. “Obtivemos significativo progresso em nossos ativos em 2022, alcançando produção commercial em Santa Luz, avançando o licenciamento para expansão de Aurizona e Castle Montain, completando o estudo para expansão de Los Filos e registrando avanços no projeto Greenstone, que está com mais de 70% concluído”, acrescentou o dirigente.


Ele disse ainda que a Equinox Gold espera produzir entre 555 mil e 625 mil onças de ouro em 2023, a um AISC de US$ 1.565 a US$ 1.695 por onça e que os investimentos no ano deverão somar US$ 324 milhões, direcionados principalmente para a construção de Greenstone. As despesas totais previstas para 2023, em Capex e Sustentação, somarão US$ 460 milhões, sendo US$ 137 milhões em Sustentação.


“Entramos em 2023 com liquidez total de US$ 327 milhões, juntamente com um fluxo de caixa de nossas operações e investimentos negociáveis de cerca de US$ 220 milhões, o que nos deixa com fundos suficientes para completar a construção de Greenstone e produzir ouro no primeiro semestre de 2024”, afirmou Smith.


Em 2022, a empresa recebeu licenças para locação de três acessos para uma rampa de exploração do desenvolvimento subterrâneo em Aurizona e continuou a sondagem dos recursos minerais subterrâneos e avançou o estudo de viabilidade da expansão da mina. Também foram realizados 187 mil metros de sondagem no portfólio de recursos minerais da empresa, visando a extensão da vida útil. Além disso, a exploração confirmou o potencial de um distrito em múltiplas descobertas feitas na Bahia, no entorno de Fazenda Brasileiro e Santa Luz.


Fonte: Brasil Mineral, assine e tenha acesso a um vasto conteúdo de notícias do setor mineral

0 comentário

Comments


bottom of page