Deslizamento de terra em mina de ouro deixa pelo menos 11 mortos em Burkina Faso

Pelo menos 11 pessoas morreram e três ficaram feridas após um deslizamento de terra numa mina de ouro artesanal na região centro-norte de Burkina Faso, anunciaram nesta terça-feira (2) as autoridades do país.


Segundo um comunicado do Ministério da Energia e Minas do país, divulgado nesta terça, o acidente teria ocorrido na noite de domingo, na localidade Imyiré, a cerca de 30 quilômetros de Kongoussi, na província de Bam.

De acordo com o documento, "o departamento encarregado das minas e as autoridades locais estão mobilizados para realizar os relatórios habituais e prestar assistência aos feridos".

Os 11 mortos tinham entre 15 e 30 anos. Até o momento, apenas um corpo foi localizado, segundo a agência estatal AIB.

A extração artesanal de ouro no país africano tornou-se a principal atividade da economia rural e uma importante fonte de rendimentos, mas o crescimento de forma não regulamentada gera problemas ambientais, de saúde, contrabando, acidentes e uma perda de rendimentos para o Estado, uma vez que o produto é comercializado informalmente.

Burkina Faso é um dos países mais pobres do mundo e ocupa a 182ª posição entre os 189 presentes no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) das Nações Unidas, embora conte com uma reserva de ouro estimada em 154,2 toneladas métricas.


O país é o quinto maior exportador de ouro no continente africano, contando atualmente com 15 minas, que são principalmente exploradas por multinacionais.


As informações são do Mundo ao Minuto.

0 comentário