top of page

Daniel Santos assume a presidência da Alcoa Brasil

Entre os principais desafios do executivo à frente da empresa está de aumentar a competitividade no mercado



A Alcoa Brasil tem novo presidente. Com mais de 30 anos de atuação no setor mineral, Daniel Santos assume a presidência e também o cargo de vice-presidente de operações da companhia.

À frente de mais de 15 mil colaboradores, o executivo tem como principais objetivos ampliar a excelência nas três unidades produtivas da companhia no país, localizadas em Juruti (PA), Alumar (MA) e Poços de Caldas (MG), melhorar o desempenho operacional e econômico da empresa e aumentar a competitividade da Alcoa Brasil nos mercados nacional e internacional.

Ex-CEO da Mineração Taboca, com passagens pela Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) e Anglo American, o novo presidente substitui Walmer Rocha, diretor de operações da Alumar (MA), que assumiu a posição interinamente após a aposentadoria de Otavio Carvalheira, em dezembro do ano passado.

Baseado em São Paulo, Daniel Santos também atua como membro-chave da equipe de liderança das operações globais da empresa, que é referência em mineração de bauxita e produção de alumina e alumínio.

“Estou muito feliz e honrado por agora ser parte desta equipe. Agradeço ao time executivo da Alcoa pelo privilégio de poder liderar nossas Operações no Brasil. Estou extremamente orgulhoso do que a equipe conseguiu realizar até aqui. A empresa já adota as melhores práticas de inovação e na gestão das pessoas. Atua com eficiência, segurança e sempre movida pelos conceitos e pela prática da sustentabilidade. Quero seguir em frente com este trabalho, buscando incessantemente a excelência em nossas operações, incentivando soluções cada vez mais inovadoras, reduzindo os riscos, fortalecendo a disciplina e a estabilidade operacional, e gerando valor compartilhado para toda a cadeia, com prioridade para as comunidades onde estamos presentes”, declara Santos.

Para colocar em prática projetos transformadores para a indústria, relacionados à transição energética, descarbonização, economia circular e gestão sustentável de resíduos, o novo presidente vai contar com uma ampla e consistente agenda ASG (Ambiental, Social e Governança).

Bacharel em Engenharia de Minas com MBA em Negócios e Estratégia e mestrado em Economia Mineral, Santos tem uma vasta experiência em indústrias de commodities de fosfato, ouro, minério de ferro, cobre, níquel, estanho, nióbio e tântalo que será fundamental para dar continuidade à trajetória de evolução da companhia e garantir resultados positivos.


Fonte: Revista Mineração & Sustentabilidade

0 comentário

Kommentare


bottom of page