Chuquicamata será mina subterrânea

Cobre


A Codelco está transformando a mina a céu aberto de ouro e cobre de Chuquicamata em uma avançada operação subterrânea de alta tecnologia. A mina foi pioneira na exploração de cobre no Chile e iniciou suas atividades em 1882. Agora, através da exploração de seu potencial subterrâneo, iniciado em 2019, a empresa pretende aumentar sua vida útil em 40 anos. 

Para isso, a Codelco está investindo em várias unidades das carregadeiras Epiroc modelos Scooptram ST1030 e ST18, jumbos de perfuração Epiroc Boomer S2, equipamentos para atirantamento Epiroc Boltec M e caminhões Epiroc MT65, o caminhão subterrâneo com maior capacidade de carga do mundo. As máquinas também serão equipadas com soluções 6th Sense para automação, conectividade e gerenciamento de informações. O pacote inclui o sistema Epiroc RCS (Rig Control System), que prepara o equipamento para automação e controle remoto, além da tecnologia Epiroc Certiq, que permite o monitoramento inteligente do desempenho e produtividade da máquina em tempo real. As entregas dos equipamentos, no valor de US$ 20 milhões, ocorrerão ainda este ano. 

"Estamos orgulhosos de sermos um parceiro importante da Codelco e poder prolongar significativamente a vida da mina Chuquicamata da maneira mais produtiva, eficiente e segura possível", diz Helena Hedblom, Presidente e CEO da Epiroc. Juan Mariscal, Gerente de Categoria de Suprimentos da Codelco, diz: “A Epiroc foi escolhida porque cumpria todos os requisitos técnicos, de segurança e desempenho exigidos pela Codelco para o Projeto da Mina Subterrânea de Chuquicamata, sendo a empresa que forneceu a melhor proposta econômica para todos os seus equipamentos como um todo”.


Fonte: Brasil mineral

SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.