top of page

CBPM conclui licitação para dois direitos minerários de minério de ferro

Empresa vencedora, a Eco Mining, tem como objetivo implantar um polo de ferro-gusa na Bahia


Foto: CBPM


A Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), concluiu com sucesso, na última quinta-feira (26/01), a primeira licitação de 2023. O procedimento licitatório foi para dois direitos minerários na localidade de Riacho do Moreno, no município de Sento Sé, para minério de ferro. Nos estudos preliminares, realizados pela CBPM, foi identificado que trata-se de um depósito de minério de ferro onde estimou-se recursos totais de 15 milhões de toneladas de minério com teores médios da ordem de 60% de Ferro.


A licitação foi vencida pela Eco Mining, empresa com sede no Amapá, e que já possui outros projetos na área de mineração. Dentre esses estão os projetos de exploração de jazidas de ferro, de manganês, de ouro, de esmeralda, de molibdênio e de diamantes. Também investe e integra conhecimentos, tecnologias avançadas, produtos de primeira linha ligados a mercados internacionais e a fatores logísticos e de sustentabilidade, com o objetivo de buscar o aproveitamento econômico e a relevância social, além da preservação ambiental.


A empresa, que também já foi vencedora de outra licitação da CBPM, no ano passado, para uma área de minério de ferro em Campo Largo, pretende instalar um polo de ferro-gusa na Bahia, matéria prima que é essencial para a produção do aço. Para o presidente da CBPM, Antonio Carlos Tramm, esse será um grande diferencial para a mineração baiana. “A possibilidade da instalação de um polo de ferro-gusa no estado representa um maior desenvolvimento socioeconômico, além de ser um processo importante para a ampliação da cadeia produtiva da mineração, que hoje apenas exporta a matéria-prima, sem valor agregado. A implantação de um polo de ferro-gusa pode beneficiar, as pequenas e médias mineradoras, como também os grandes produtores de minério de ferro que poderão alimentar a unidade.



Fonte: Conexão Mineral

0 comentário

Kommentare


bottom of page