top of page

Carregadeira subterrânea Epiroc Scooptram S14 SG é a primeira da categoria na América Latina

Totalmente elétrica movida à bateria, possui 14 toneladas de capacidade


Carregadeira subterrânea Scooptram ST14 SG

Carregadeira subterrânea totalmente elétrica movida à bateria possui 14 toneladas de capacidade e contribui para uma produção mais sustentável de nove toneladas métricas de zinco em mina do Grupo Peñoles no México. Durango, estado ao norte do México, é uma região conhecida por dezenas de filmes de Hollywood, incluindo westerns como "Sete Homens e um Destino", "Três Homens em Conflito" e "Os Imperdoáveis", que foram filmados lá e lhe renderam o apelido de Terra do Cinema. Lá, a vila de Velardeña, passou por uma grande transformação em pouco mais de dez anos. De um pacato povoado, se tornou um pólo de mineração com tecnologias de última geração. O conglomerado de mineração Grupo Peñoles implementou ali uma de suas principais minas de zinco, no ano de 2013 e desde então tem investido em tecnologias de ponta para maior produtividade e também sustentabilidade. Entre elas, destaca-se a Epiroc Scooptram ST14 SG (Smart and Green), a primeira carregadeira subterrânea de sua categoria a ser implementada em operações de mineração na América Latina com acionamento totalmente elétrico, alimentado por bateria. O equipamento atua na produção de cerca de nove toneladas métricas de zinco diariamente. Nos próximos meses, a empresa receberá o caminhão subterrâneo elétrico Minetruck MT42 SG, também da Epiroc. "Acreditamos que o uso de baterias, em vez de Diesel, é o futuro da mineração. Estamos convencidos de que isso continuará evoluindo para tornar a indústria mais eficiente e otimizar nossas operações, ao mesmo tempo em que reduziremos nosso impacto ambiental", disse Luis Humberto Vazquez, diretor das minas da Peñoles. Os operadores que utilizam a Scooptram ST14 SG afirmam que, mesmo com seus 11 metros de comprimento e capacidade de transporte de 14 toneladas, ela oferece uma experiência de condução fácil e suave, com muito espaço e conforto na cabine, além de uma visibilidade muito melhor, especialmente útil ao fazer curvas fechadas em túneis estreitos. "Ao dirigir uma carregadeira a Diesel, você sente muita vibração, mas com a Scooptram elétrica, você não sente nada". - afirmou Eduardo García Vaquera, operador da Peñoles há três anos. Além disso os operadores da mina também afirmam que a nova tecnologia proporciona uma experiência mais silenciosa, mais eficiente e sem emissão de gases em suas operações diárias. "A segurança, a produtividade e a confiabilidade melhoraram, e nossos custos foram reduzidos", disse José Rivero, assessor de planejamento de manutenção da Peñoles na mina de Velardeña, acrescentando que cada uma das duas baterias da Epiroc utilizadas na carregadeira subterrânea Scooptram oferece uma autonomia de mais de quatro horas, além do que a necessidade de manutenções é bem menor do que em equipamentos similares a Diesel. O Grupo Peñoles - o maior produtor de prata do mundo e uma das instituições mais emblemáticas e históricas do México – assim como sua empresa irmã Fresnillo "buscam sempre estar na vanguarda das mudanças na indústria", completou Luis Humberto, com seus mais de 40 anos de experiência na indústria de mineração. Através da parceria com a Epiroc, a Peñoles reafirma seu compromisso em reduzir a pegada ambiental da indústria e melhorar as condições de trabalho para seus colaboradores, tornando-se um exemplo de inovação e responsabilidade na mineração.


Fonte: Conexão Mineral

1 comentário

1 commentaire


Umbuzeiro Revoltado
Umbuzeiro Revoltado
30 août 2023

E o acordo? Nada

J'aime
bottom of page