ArcelorMittal Tubarão tem certificação inédita

A empresa passou por rigoroso procedimento de auditoria com validade de três anos.



A ArcelorMittal Tubarão é a primeira planta industrial nas Américas e fora da Europa a obter a certificação de sustentabilidade das suas operações pelos padrões da ResponsibleSteel, organização mundial referência para a produção de aço de maneira responsável. “A nossa busca é constante por um processo mais sustentável desde o fornecimento de matérias-primas até a venda das soluções para nossos clientes. Com a certificação, queremos que nossos clientes da indústria e a sociedade tenham certeza de que o nosso aço é produzido com responsabilidade em todas as suas etapas”, explica Jorge Oliveira, CEO da ArcelorMittal Aços Planos América do Sul.


A empresa passou por rigoroso procedimento de auditoria com validade de três anos e o primeiro a ser obtido por uma empresa fora da Europa. Para Ali Lucas, CEO do ResponsibleSteel, o setor do aço foi duramente afetado pela pandemia COVID-19 e a sua recuperação é essencial para a região. Essa certificação não é fácil de se conquistar e os destaques do setor não estão focados apenas na descarbonização dos processos, mas também no respeito aos direitos humanos, direitos trabalhistas e comunidades locais, sempre garantindo que a saúde e a segurança permaneçam como prioridades, com foco no amplo espectro da agenda ESG. A importância de uma cadeia de suprimento de aço responsável está em consonância com as expectativas dos stakeholders na América Latina, os quais conhecem bem as conexões entre mineração e produção de aço e a necessidade de abordar não apenas os impactos diretos da indústria do aço. Esta é a razão pela qual a cadeia de fornecimento responsável se tornará importante e crescente parte do processo de certificação do ResponsibleSteel”, explica. O padrão de sustentabilidade para todo o processo de produção de aço conta com 12 princípios ambientais, sociais e de governança. São eles: Liderança Corporativa; Sistemas de Gestão Social, Ambiental e de Governança; Saúde e Segurança Ocupacional e Comunitária; Direitos do Trabalho; Direitos Humanos; Comunidades Locais; Engajamento das Partes Interessadas e Comunicação; Mudanças climáticas e Emissões de Gases de Efeito Estufa; Ruído, Emissões, Efluentes e Resíduos; Recursos Hídricos; Biodiversidade e Descomissionamento e Encerramento de Operações. O objetivo da ArcelorMittal é certificar todas as unidades no Brasil nos próximos anos.


Fonte: Brasil Mineral, assine e tenha acesso a vasto conteúdo de notícias do setor mineral

0 comentário