Alteamento de barragem da Mosaic em MG terá investimento de R$ 112 mi



A Mosaic Fertilizantes investirá cerca de R$ 112 milhões no projeto de alteamento da barragem de rejeitos BR, de sua mina em Tapira (MG). A empresa apresentou o projeto de licenciamento para atualização da vida útil da estrutura em uma audiência pública na terça-feira.

O objetivo da produtora de fertilizantes é elevar a estrutura em dez metros, indo dos 1.200m atuais para a cota de 1.210m, utilizando a área situada dentro do próprio complexo de mineração da empresa, sem necessidade de expansão. Ela ressalta que o projeto utilizará as mesmas condições operacionais e contará com os protocolos de segurança já adotados pela companhia.

"Temos uma relação de compromisso e transparência com as comunidades às quais pertencemos e queremos que todos tenham clareza sobre o projeto. Todas as etapas do desenvolvimento do empreendimento seguem rigorosos protocolos de segurança, desde os estudos até sua conclusão", declarou o vice-presidente de operações da Mosaic Fertilizantes, Elias Lima, que conduziu a apresentação na audiência ao lado do engenheiro de geotecnia, Clayton Rezende, e da gerente de Meio Ambiente, Saúde e Segurança (EHS na sigla em inglês), Daniela Paz.

A produtora de fertilizantes ressaltou ainda que cada uma de suas estruturas possui um Plano de Ação de Emergência para Barragens de Mineração (PAEBM) e qualquer desvio identificado é imediatamente avaliado para que as medidas apropriadas sejam tomadas.

"A Mosaic Fertilizantes adota medidas que visam ir além do preconizado em norma, utilizando as tecnologias mais avançadas para o monitoramento de barragens e possui corpo técnico qualificado e dedicado exclusivamente à segurança das estruturas, intensificando suas ações preventivas e revisando seus procedimentos visando ir além do requerido pela legislação", declarou.


As informações são do Jornal Araxá.

0 comentário