Novos alvos no projeto de ouro Cuiú Cuiú apresentam alto teor


A Cabral Gold disse hoje que encontrou no alvo Seis Irmãos uma interseção de 0,7 metro com 12,7 gramas de ouro por tonelada. Os dados fazem parte de um relatório que atualiza o programa de sondagem de 2019 e faz uma análise dos dados históricos de sondagem nos depósitos MG e Central no projeto de ouro Cuiú Cuiú, no Pará.

No alvo Seis Irmãos, um único furo (CC187-19) testou um baixo magnético EW, localizado a menos de 300 m ao sul de MG e cruzou 0,7 metro @ 12,7 g/t Au em um veio de quartzo com forte alteração pirítica de 62,0-62,7 m", disse a empresa em nota divulgada hoje (29).

Dos 9 alvos de alta qualidade do projeto Cuiú Cuiú selecionados para sondagem a partir de janeiro deste ano, os resultados foram liberados anteriormente dos alvos Machiche e Machiche East e retornaram até 3,4 metros @ 36,9 g/t de ouro. Nesta nova atualização, a mineradora relata os resultados do terceiro e quarto alvos. Os resultados estão pendentes em outros cinco alvos.

Segundo a Cabral, foram recebidos os resultados de três furos que testaram uma área estruturalmente complexa dentro do depósito de MG. "O CC185-19 cortou 40,9 m @ 0,8 g/t de ouro de 101,4 para 142,3 m, incluindo 10,1 m @ 1,3 g/t de ouro de 101,4 para 111,5 m. A interseção ocorre aproximadamente a 200 m de profundidade a partir de uma interseção histórica mais profunda no furo CC101-10, que retornou 25 m com 2,3 g/t Au de 396 metros a 421 metros, incluindo; 1,5 m a 14,0 g/t de ouro, 0,8 m a 11,3 g/t de ouro e 1 m a 9,3 g/t de ouro", afirmou a nota.

A mineradora disse que uma revisão dos dados históricos da sondagem em Cuiú Cuiú foi concluída e foi projetada para reavaliar, revisar e interpretar os resultados de sondagem de alto teor existentes dos depósitos Central e MG com o objetivo de delimitar produtos lavráveis de alta qualidade dentro dos recursos de baixa qualidade.

"A sondagem entre 2006 e 2012 interceptou ouro abundante de alta qualidade, apresentando teores e larguras típicas de muitos depósitos subterrâneos em operação. Quase 60 interseções que retornam mais de 10 g/t de ouro ocorrem em MG e Central. Os mais altos teores encontrados em cada depósito foram de 0,5 metro com 264,9 g/t de ouro e 0,5 metro com 100,9 g/t de ouro, respectivamente. A maior parte dessas interseções ocorre onde a sondagem tem um alto espaçamento", declarou a Cabral.

O depósito de MG contém recursos inferidos de 8,6 milhões de toneladas de minério com 1,45 g/t de ouro, podendo conter 400 mil onças. O alvo Seis Irmãos é o terceiro de nove alvos a serem testados como parte do programa de sondagem 2019 e é caracterizado por um baixo indicador magnético e um número de amostras de superfície de alto teor variando de 17 a 55 gramas de ouro por tonelada.


SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.