1º de Maio e as medidas políticas contra o trabalhador


O Sindimina, mais uma vez, fez um grande esforço para presentear com brindes os associados em todas as nossas bases de mineração para não deixar o Dia do Trabalhador passar em branco. Contudo, nos últimos anos, essa data vem se tornando difícil de ser comemorada porque a os políticos estão criando e aprovando leis que retiram benefícios dos trabalhadores que foram conseguidos com luta, mortes, paralisações e muitas discussões entre sindicatos, trabalhadores e patrões. Nos últimos tempos foram duros os golpes: terceirização irrestrita, reforma trabalhista e agora a “reforma da previdência” que tem intuito claro de agradar o mercado financeiro, mesmo que em contrapartida sejam prejudicados todos os trabalhadores e trabalhadoras deste país.

O Sindimina é totalmente contra essa terrível “reforma” (DESMONTE) da Previdência porque vai causar sérios problemas para a população brasileira, para os trabalhadores e as futuras gerações. É totalmente contraditório o que está acontecendo, pois corta-se dos que ganham menos e não promove reforma nos altos salários dos políticos, nos privilégios, nos altos salários das aposentadorias acima do teto do INSS, fora as ricas emendas que os políticos recebem para vender seu voto. Porque será que o governo tira 30% (DRU) das contribuições sociais para usar livremente para fundos ou despesas? Se a previdência estivesse em déficit, como o governo continua tirando esses 30% (DRU) da previdência para cobrir rombos do Governo?

Senhores políticos, antes de fazer essa terrível “reforma da previdência” venham conhecer e, se possível, trabalhar alguns dias em uma mina subterrânea, na construção civil, como gari, professor, com os trabalhadores rurais em um canavial e tantas outras profissões que não suportaria passar o tempo de contribuição que o Governo quer estabelecer nessa proposta. Tudo isso sem falar das outras manobras para prejudicar os trabalhadores que mantém esse Brasil de pé como, por exemplo, a perda das aposentadorias integrais mesmo para quem ganha abaixo do teto da previdência.

A maioria da população elegeu esses políticos pensando em ajudar o Brasil e não para promover um futuro pior para todos os trabalhadores e as próximas gerações que além de velhos, ficarão miseráveis sem ter o sustento mínimo e sua dignidade resguardada. Seremos resistência!


SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.