Investidores chineses e Bamin visitam Porto de Ilhéus


Representantes da China Communication Construction Company Group (CCCC) fizeram visita técnica às instalações do Porto de Ilhéus, na Bahia, no mês de abril. Interessados nos portos públicos da Bahia, eles foram acompanhados pela diretoria da Bahia Mineração (Bamin) e recebidos pelos diretores da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), Carlos Taboada, de Infraestrutura e Gestão Portuária, e Marise Chastinet, de Gestão Comercial e de Desenvolvimento.

"Pretendemos descarregar os materiais dos projetos através do Porto de Ilhéus, que possui as condições de infraestrutura adequadas", disse Liu Yueping, chefe da CCCC nas Américas. A Bamin e a CCCC assinaram, em setembro do ano passado, um Memorando de Entendimentos com o objetivo de desenvolver um trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) entre Ilhéus, o Porto Sul e o projeto de minério de ferro Pedra de Ferro, em Caetité (BA).

A mineradora pretende viabilizar a produção de 18 milhões de toneladas/ano de minério de ferro por um período de 30 anos, no Estado. No mês passado, representantes da Crec, da CCCC e da Bamin, que formam um consórcio, se reuniram com o governo do Estado da Bahia.

Taboada disse que a visita dos chineses é importante não só para a cidade de Ilhéus e toda a região, como também para o Estado da Bahia. "Eles pretendem assumir a obra da Fiol, o trecho Caetité-Ilhéus com o transporte de minério, e isso vai gerar um fortalecimento da economia, com novos empregos e implantação de novas indústrias. Até o Porto Sul ficar pronto, vão usar o Porto de Ilhéus".

Marise afirmou que este encontro "possibilita viabilizar negócios diretamente da China com Salvador e Ilhéus o que é muito positivo para a Bahia". Ontem, representantes da CCCC estiveram no porto de Aratu-Candeias, da Codeba, com integrantes da Concremat, empresa brasileira de engenharia que a companhia chinesa comprou em 2016, para avaliar investimentos potenciais.

Com informações do jornal baiano A Tarde.

Fonte: Notícias de Mineração Brasil


SINDIMINA - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos de Serrinha e Região

Rua Macário Ferreira, nº 522 - Centro - Serrinha-BA     / Telefone: 75 3261 2415 /  sindimina@gmail.com

Funcionamento :  segunda a sexta-feira, das  8h às 18h.